Um tutorial e um livro

O assunto hoje não é  decoração (só se for decor de clipe, oee) mas achei tão facinho e de boa utilidade para as minhas leitoras devoradoras de livros que vale o post.

Já falei algumas vezes aqui no blog o quanto estou distante dos livros, faz uns seis meses que estou lendo Comprometida e até agora não consegui finalizar por falta de tempo. Mas Ana, nem na hora de dormir? Não, porque estou tão cansada que no segundo parágrafo já sou uma mulher no sono Rem.  E outra,tirando a leitura no buzão, que é uma delícia e uma forma de encurtar o caminho seja lá pra ondee você esteja indo, não consigo me concentrar na leitura se não estiver em um climão favorável.

Enfim, sinto falta e preciso arrumar um espacinho em minha vida loka, sinto até que estou ficando burra…escrevendo errado e esquecendo palavras, coitada de mim.

Mas vamos ao tutorial (ou as imagens neah) ?

Alguns clipes coloridinhos, tesoura e retalhos de tecidos. Se você for moça das costuras, vai precisar de agulha e linha oooooou da sua máquina preparada. Se for pessoa que não sabe o que significa bainha, também não vai saber o que é “um pontinho aqui”, então pega a pistola de cola quente ou cola para tecido.

Agora é só cortar pequenas tiras, dobrá-la e fazer o pontinho, passar a costura ou usar a cola, deixando um espaço “vazado” para passar o clipe. Prontinho, você já tem o marcador de livro mais cut do pedaço…

E qual o próximo livro da lista?? Coisinha light, ainda não me recuperei de Crime e Castigo, e muito me interessei pela proposta do Mulheres, comida e Deus. Alguem já leu? É bom?

“Neste livro, Geneen Roth mostra como aquilo que se come e a maneira como as pessoas se relacionam com a comida está intrinsecamente ligado à maneira como nos sentimos e vemos a nós mesmos. ‘Mulheres, Comida e Deus’ baseia-se em casos reais, e mostra que a comida está longe de ser o único prazer verdadeiro em nossas vidas. A autora traça a relação entre sentimentos não digeridos e situações mal resolvidas com a comida. A autora ensina aos leitores como fazer autoanálise e, também, como usar a relação com a comida como ferramenta de autoconhecimento.”

Agora passem lá no Life Througthe lens blog, autor original do faça você mesmo de hoje, e vejam que paixãozinha de blog.

COMPARTILHE
Ana Medeiros
É a neta de D. Edite. Ana comanda o #ACQMVQ e vive diariamente decorando aqui e ali. Trabalha home office produzindo conteúdo para o blog e outras empresas das internetes. É mãe de dois pioios lindos, ama comer, desaguar nas palavras, e não dispensa uma caipirinha no fim de semana. Sabe que ser livre também é perder o controle, que morar é mais do que habitar e que um abraço apertado é melhor que banheira de ofurô.
Faça seu comentário

13 Comentários

  1. Amiga, comprei esse livro ano passado achando que ia ser bem legal e não gostei nem um pouco. Muito blablablá inútil e mais do mesmo que a gente costuma ler em todos os livros de autoajuda. Achei bem ruim. Não vale a pena não.

  2. Adorei a dica,vou ensinar pra Su.Só costuro à mão,mas pra isso existe cola quente,rsrsrsrsrs…
    Eu estou com 4 livros inacabados, #aloka,adoro ler no ônibus e quase não tenho saído,aí,babou…Bjs e obrigada por compartilhar conosco…Bjs no Vinico…

  3. Adorei!! Fica uma bela lembrancinha de niver tb, heim!? Assim que finalizar meu mestrado, volto às leituras (agradáveis e não-obrigatórias) e aos crafts: esse clip vai pra lista de FAZER!

    Beijos!

  4. Olá Ana,

    Eu me entusiamei com a proposta do livro e acabei comprando em um aeroporto enquanto aguardava o meu voo. Decepção total, não cumpre o prometido, totalmente diferente da descrição, eu fiquei lendo esperando que ele fosse melhorar e no final nada. Eu não gostei, mas como gosto é algo particular…

    Beijos

  5. […] – Eu adoro marcadores, adoro mimos fofos e coisinhas coloridas. Fiquei encantada com a simples idéia de costurar pedacinhos de pano em clipes coloridos (e de plástico, porque clipe de metal mancha a página do livro) e transformá-los em marcadores delicados. Tem um tutorial super fofo nesse site. […]

  6. Quando vi o tutorial logo pensei… “Porque não pensei nisso antes?” Sempre tentei usar marcador de texto, mas sempre perdia. Adorei…

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here