Apartamento com ar de casa – Uma tendência pós pandemia.

O movimento durante e “pós” pandemia tem sido a busca por moradias com mais espaço e mais integradas a natureza. Duvido que você não conheça alguém que fez esse movimento de mudança nos últimos dois anos. A verdade é que o mercado imobiliário tomou novos rumos. Ter um terraço, uma boa varanda, ambientes arejados, iluminados e cômodos bem divididos.

Já ouviu falar nos apartamentos gardens? Um ap com ar de casa, localizado no térreo ou primeiro andar, virou queridinho para quem busca um espaço de convivência e lazer para chamar de seu.

Este conceito de moradia lembra muito uma casa, o que o torna mais aconchegante até mesmo para receber visitas, por exemplo. Por isso, geralmente, costumamos colocar nessas áreas churrasqueiras, piscinas e até mesmo aparelhos de ginástica”, conta a arquiteta Carina Dal Fabbro.

Para inspirar quem busca por soluções como essa, Carina apresenta este projeto de 180 m². Localizado na Riviera de São Lourenço, litoral paulista, a família buscou um refúgio e, após uma repaginação no décor, encontrou no apartamento garden soluções práticas para os períodos em que passam finais de semana, feriados e férias na praia. “O fato de o apartamento ser térreo foi visto como uma vantagem pela moradora, já que não precisaria usar o elevador ao voltar da praia”, conta a arquiteta. Os moradores chegam e já encontram um chuveiro no quintal, não precisando subir os andares molhados e com vestígios de areia enquanto carregam as pranchas de surfe.

No espaço externo, foi criada uma área de convivência, com deque de madeira, espreguiçadeiras e piscina. Há também um jardim vertical que delimita a área da unidade, churrasqueira e suporte para pranchas e bicicletas.

Para montar o refúgio perfeito, a arquiteta contou com duas desafiadoras missões: manter o orçamento enxuto e fazer uma obra rápida. Como o apê já contava com revestimentos bonitos e resistentes, não foi preciso se preocupar com aquele quebra-quebra de obra e Carina debruçou-se em prover soluções mais práticas. “Investimos na pintura e elegemos móveis fáceis de limpar, quase todos comprados na região litorânea. A maior modificação do projeto foi a parede de tijolinhos brancos na sala, que conferiu um ar mais despojado aos interiores”, comenta Carina. A arquiteta ainda reforça que o ar fluído e despojado do ambiente é uma das principais características de aptos garden. 

Para conquistar a atmosfera praiana que os moradores ansiavam, a arquiteta investiu em móveis de materiais naturais, como madeira e palha, que dialogam com os acabamentos da sala e da cozinha. Em seguida, salpicou vários tons de azul pelo décor. “A cor aparece nos quadros, nos objetos, nos estofados e no rack da sala para reforçar o clima náutico e a paixão pelo oceano”, destaca a profissional.

O espaço amplo e livre de paredes permite que os moradores transitem entre a cozinha e a sala de jantar sem deixar de lado as conversas animadas sobre o dia que passaram na praia enquanto preparam as refeições. “Esta é, sem dúvidas, uma casa onde todos os espaços são voltados para a convivência e celebrações em família”, explica Carina.

“Para o quarto do casal, seguimos a premissa que adotamos em todo o apartamento: soluções simples, mas com toques expressivos de personalidade”, detalha a arquiteta. Com a pintura em tons claros e a vista privilegiada para o jardim, o dormitório emana um clima relaxante e ficou ainda mais aconchegante ao receber a instalação do lambri como cabeceira.

Por fim, Carina traz uma dica para quem se sentir incomodado com a vista que os apartamentos superiores têm da área do Garden. “Temos sentido uma mudança nas pessoas em relação a querer ficar mais em áreas externas e em contato com o verde, mas ainda tem receio com a exposição vinda de outros apartamentos. Nesses casos, recomendamos a instalação de um pergolado de madeira, que quebra essa visão ainda protege do sol”, finaliza Carina.

Carina Dal Fabbro Arquitetura 

www.carinadalfabbro.com.br 

@carinadalfabbroarq 

2 comentários em “Apartamento com ar de casa – Uma tendência pós pandemia.”

  1. Carminha Batista

    Eu amei tudo. Tudo tudo! Além do apartamento parecer uma casa, não é uma “casa” qualquer, pois é uma casa estilosa, elegante e temática. Muito linda!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carrinho de compras