Ideias para decorar casa com crianças – Mostra Casa NaToca (Parte 1)

Apesar de ser a primeira vez que tenho contato com o pessoal da Casa na Toca, essa já é a segunda edição da mostra mais fofínea de decoração desse Brasil. Ela acontece no Rio de Janeiro, num casarão dos anos 30, no Jardim Botânico.

A péssima notícia, pra quem nunca ouviu falar ou ainda não foi visitar, é que estamos na última semana da mostra, então corre se você tiver essa oportunidade pra conferir de perto cada detalhe. Para os restos dos mortais que estão a km de distancia, pode chegar aqui nesse mega post, que foi dividido em dois, pois tudo muito maravilhoso. “Vasculhei” quase todos os ambientes e irei mostrar algumas ideias pra gente colocar em prática em nossas casinhas.

Só pra você entender melhor, a Casa na Toca é voltada ao design infantil e em cada cantinho desse imóvel você vai sentir que a prioridade dos espaços é pra uma convivência harmoniosa, lúdica e divertida para pais e filhos.

“Nossa proposta é criar um evento de decoração onde as crianças são protagonistas e a convivência entre pais e filhos é incentivada e valorizada em todos os cantos. Tudo isso embalado por um clima de memória afetiva, de respeito à história do imóvel. Esse foi o desafio que demos para os profissionais – fazer algo novo, mas sem deixar de valorizar o passado da casa. E privilegiar o artesanal e o exclusivo em suas escolhas”, explica Simone Raitzik, editora do NaToca, curadora e idealizadoras da mostra, ao lado de Isabela Caban (NaToca), Cris Barretto (Rabo de Lobo) e Bruna Levinson (produtora).

Hall de casa e circulação

@estudiomarciafilgueira
@pba_designer

Pranchas postas para uma exposição mutante logo na entrada da casa, mas que também servem de cabideiros. Dá pra fazer aí no corredor do seu apartamento também. Pendentes de croche (já quero, quero muito) do @estudio_fio. Portinha embaixo da escada com uma mini brinquedoteca com almofadas, livros e jogos de tabuleiro.

 

Sala da família

@manuelasantosarquitetura
@anahygino_arquiteta
@solitengenharia

@musgoatelie

Uma cabaninha suspensa, sofá baixinho para que as crianças possam subir sem esforço, mesinha para atividades e a estante mais linda dessa vida, com direito a pequena “caminha” ali no meio dela para os pequenos leitores. Uau.

Bistrô na cozinha

@CarolWambier

Amei a cortina de bolinhas, amo uma coisa tão despojada assim. As luminárias podem ser “imitadas” com cestos daqueles organizadores, vocês não acham? A ideia de ter prateleiras com esse estilo quitanda é uma ideia e tanto. Mesa na área externa pra toda família e uma casinha no jardim que parece ter saído de um conto de fadas. Se-nhoooor!

Banheiro Ateliê

Carol Stratmann, Elise Penedo, Marcelle Neves, Melina Castanhel, Natasha Pinto, Raphael Lopes e Paula Neder (Coletivo PN+)

@paulanederarquitetura

Talvez unir um banheiro com todo esse espaço recreativo não seja uma ideia muito viável se você mora em uma casa ou apartamento pequeno, mas se a gente pensar nas possibilidade de transformar essa hora que as vezes é a pior do dia em algo mais divertido para as nossas crianças, aqui temos ótimas ideias!

Por que não colocar umas canetas disponíveis para rabiscar os azulejos? Uns brinquedinhos que possam molhar? Acho justíssimo, heim?

O azul, laranja e verde predominantes do cômodo contrastam com o encanamento aparente, que mostra o caminho percorrido pela água.

Espaço Pop-up

@a.zebr.a
@lucianarquitetura

Varanda transformada em um espaço múltiplo, essa é a proposta pra mostra. A cama foi transformada em sofá, a luminária de papel toda charmosa, os fios de luz cuidando da iluminação. E as plantinhas penduradas?

                             

Quintal

@fabianacyon_arquitetura
@nativa.paisagismo

Gosto de tudo nesse quintal, desde a esteira pendurada, passando pelos desenhos de vegetação que foram colados na parede misturados com todas as plantinhas de verdade. Da banheira reaproveitada para os brinquedos e da cama que também está na parede ali no cantinho servindo agora como um suporte para outras plantas.

Sala de convívio        

@graoarquiteura

Mantendo algumas das características do antigo casarão, como o piso de peroba e o ponto central de luz (iluminação da Diana Joels), o ambiente tem sofá de rattan feito sob medida por um artesão de Minas Gerais e estante moldada em pinus, repleta de objetos garimpados que reforçam a memória afetiva da família.

Gosto tanto das cores escolhidas pra essa sala, assim como a parede de azulejos com rejunte rosa! A ideia de não pintar toda a parede fazendo essa listra em cima também é um detalhe que faz uma diferença tão grande…

A parte 2 será com os quartos, combinado? Já volto. 

Casa NaToca

De 04 de outubro a 11 de novembro

Quarta a domingo, 13h às 20h

Rua Visconde de Carandaí, 12. Jardim Botânico. Ingresso (20 reais inteira; 10 reais meia). Crianças até 10 anos não pagam.

COMPARTILHE
Ana Medeiros
É a neta de D. Edite. Ana comanda o #ACQMVQ e vive diariamente decorando aqui e ali. Trabalha home office produzindo conteúdo para o blog e outras empresas das internetes. É mãe de dois pioios lindos, ama comer, desaguar nas palavras, e não dispensa uma caipirinha no fim de semana. Sabe que ser livre também é perder o controle, que morar é mais do que habitar e que um abraço apertado é melhor que banheira de ofurô.
Faça seu comentário

2 Comentários

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here