Vantagens e desavantagem da parede lousa

O que parecia ser uma modinha acabou ficando, e vou te dizer que apesar do título esse post é tendencioso (porque sou dessas).

parede preta4

Vamos começar logo de cara falando das coisas não tão boas assim em mandar uma parede pretona aí na sua casa:

-Alergias 

Apesar de já encontrarmos no mercado o giz hipoalergênico (um tipo de giz plastificado) e também o giz liquido de canetinha, o giz comum ainda é o de mais fácil acesso. O pó de giz possui componentes alergênicos que podem sensibilizar quem possui predisposições a alergias respiratórias, como por exemplo, rinite alérgica. O contato do pó com a boca e o nariz pode acentuar qualquer processo alérgico e provocar sintomas como a coceira na garganta. O sulfato de cálcio hepta-hidratado presente na composição do giz agride bastante a mucosa nasal e as cordas vocais.

Eu sofro com a tal de rinite e por isso evitava usar a minha paredinha na antiga casa, Vinícius adorava desenhar com os amigos e nunca teve nenhum problema decorrente do uso do giz. Se optar por fazer ainda assim, tente mantê-la sempre limpa e use um pano molhado pra “apagar” ao invés do apagador comum.

-Sujeira

Vocês lembram como ficava o chão da sala de aula próximo ao quadro negro no fim do dia? E a roupa do professor? Óbvio que vai existir uma montinho de pó aqui e ali, não tem jeito, por isso não faz muito sentido fazer uma cabeceira de cama com uma parede de lousa, concordam?

-Casas escuras 

Uma parede escura numa casa que não tem uma iluminação “ok”, pouco espaço e muitos móveis, não deve existir. Apenas isso.

-Cai na monotonia 

Mas SOMENTE se você não exercitar a criatividade, se abandoná-la, se não mudar o status para relacionamento sério, ok? E aí o tiro acaba saindo pela culatra, ao invés de uma parede divertida e bacana, você tem mais uma parede sem graça na sua casa.

parede preta11

Agora vamos falar de vantagens neah? Até porque o que prometia ser uma modinha, algo passageiro, veio mesmo pra ficar.

-É fácil de fazer

Ainda não sabe como? Chega numa loja de tintas e pede o esmalte sintético fosco. Geralmente são vendidos na cor verde lousa escolar ou preto, mas também já ouvi falar que algumas marcas lançaram outras cores. Se não quiser usar tinta, pode também usar o papel adesivo fosco que algumas marcas lançaram e encontramos em papelarias.

-Dá certo em vários cômodos, de várias formas.

Pode ser uma parede do escritório, do quarto de brinquedos, do banheiro ou da cozinha. Do chão ao teto ou apenas um pedacinho, dá até pra pintar um painel de madeira e depois colocar na parede.

-Valor estético 

Vai dizer que não é super estiloso? Claro que é! Além de valorizar, deixar divertido, original e criativo o espaço que tiver uma belezinha de lousa.

-Fácil de limpar

Tem muita gente que usa o argumento de ser difícil demais pra limpar, de que fica logo esbranquiçado e feio. Isso porque talvez não acompanhe esse humilde blog há bastante tempo. Já postei aqui uma maneira fácil deixar a parede limpa e bem pretinha de novo (as imagens não estão mais no post porque perdemos na mudança de servidor).

-Possibilidade de mudança e muita versatilidade

Você pode fazer com que as mensagens e desenhos com giz interajam com outros objetos, pode fazer o seu próprio “papel de parede” (Como na segunda foto), pode pintar uma porta, a parede inteira, meia parede ou pegar a fita adesiva e fazer desenhos específicos (Me respondam o que são as casinhas no fim do post).

parede preta1 parede preta3
parede preta5

parede preta8

parede preta13 parede preta14 DAVID TSAY PHOTOGRAPHY © 2015 ALL RIGHTS RESERVED NO REPRODUCTION WITHOUT PRIOR WRITTEN CONSENT

1

 

COMPARTILHE
Ana Medeiros
É a neta de D. Edite. Ana comanda o #ACQMVQ e vive diariamente decorando aqui e ali. Trabalha home office produzindo conteúdo para o blog e outras empresas das internetes. É mãe de dois pioios lindos, ama comer, desaguar nas palavras, e não dispensa uma caipirinha no fim de semana. Sabe que ser livre também é perder o controle, que morar é mais do que habitar e que um abraço apertado é melhor que banheira de ofurô.
Faça seu comentário

11 Comentários

  1. seria legal você postar de novo a dica como limpar, pois lá no post com as imagens quebradas não tem a informação nem no texto.. ou seja 🙁

  2. Ana!! Se tiver dificuldade em procurar o Giz Líquido, nos avise tá?
    Passamos por isso aqui também com o pó e a sujeira que fazia, assim encontramos outra forma de ainda ter a nossa lousa preta ou parede!

    Obrigado!

  3. Pretendo fazer parede lousa negra com esmalte fosco no meu quarto, que é amplo e bem iluminado, na parede oposta e bem longe da minha cama. Porém eu tenho rinite alérgica crônica, queria saber se o giz hipoalergênico resolve mesmo e/ou uma indicação de marca de caneta giz que APAGUE nesse material porque já vi muita gente reclamando que não apaga. Quero a parede de lousa pra aflorar minha criatividade ainda mais, mudar a temática sem precisar de muito esforço, queria algo versátil facil de mudar pra não enjoar…..

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here