Faça você mesmo: Um cabideiro super charmoso e com várias utilidades

Quando eu tô chegando, quando ele escuta o barulho do carro, ele imagina: “Valei-me nossinhora, lá vem essa menina, creinnn!”. Isso deve ser o que Jó, o marceneiro gente boa pensa de mim, só pode. Porque se deixar, t-o-d-a semana tô por lá, perturbando geral, tirando dúvida, pedindo pra cortar isso e aquilo e claro, dando o baculejo nas sobras que ficam pelo chão. E nisso eu faço um favor, porque as sobras vão pra o lixo e ainda queimadas. Desperdício e agressão, meio ambiente não agradece. Daí fico doida olhando aqueles pedaços cheios de potencial. Na última semana catei alguns e dei a salvação pra eles: “Sobrinhas queridas, vocês vão virar uma coisa muito linda pra um projeto mais que especial!”. A ideia era fazer um painel que servisse como gancho pra pendurar bolsa, mochila, além de porta treco ou documentos, papéis, contas, receber frufrus e plantinhas. Tudo isso num projeto só.

O antigo gancho que ficava atrás da porta daqui da sala era cabide feito em contact. Mas depois da reforma da sala, o cabide vazou. Queria algo mais bacana. Então, aluguei o pobre do Jó, que na maior paciência típica dos Jós me atendeu. Voltei pra agradecê-lo: “ Jó, querido, obrigada, semana que ve…….cri, cri, cri… Jó?.. Jó?” Jó já tava no segundo quarteirão correndo de mim 😀 Mesmo assim, voltei pra casa cantando, passarinhos me guiando e eu com vestido esvoaçante. Os pedaços tinham tamanhos específicos, pois sabia o que queria. O painel teria um porta flor pra aproveitar vidrinhos de geleia e azeitona usados, bem como uma prateleirinha e uma espécie de “bolso” pra poder guardar contas que ficam espalhadas pela mesa.

FOTO1 copy

O primeiro passo foi lixar bem os pedaços. Depois daí fazer este bolsinho. Colei laterais e base com cola pra madeira e com a ajuda de parafusos bem fininhos fixei tudo. A dica é que o parafuso tenha o dobro da medida da folha de mdf, pra poder segurar bem quando a gente colocar duas juntas. Olha aí como ficou por enquanto.

FOTO2

Em seguida, preparei a braçadeira que ia segurar o vidrinho. O metal é fino e você pode bater um prego pra fazer a abertura que vai passar o parafuso. Depois pintei tudo de branco, a cor base.

FOTO3

Ia fazer técnica x, aplicar adesivo y, mas nada deu certo nessa equação e tomei no zero. Porém, acho que no final, não poderia ter saído melhor. Resolvi fazer um molde pra estampar o painel. Desenhei triângulos, de vários tamanhos, desordenados e cortei-os com estilete. Escolhi as cores, a maioria quente como magenta, rosa escuro, vinho, roxo escuro, amarelo e pra quebrar, um cinza clarinho.

FOTO4

FOTO5

Tudo colorido apliquei o bom e velho verniz fosco em spray pra proteger a peça. A partir daí o pega pega ia começar e a bichinha podia manchar. Antes de tudo, instalei a braçadeira no lugar dela, onde o furo já havia sido feito. Pra segurar firme o vidrinho, você pode colocar uma tirinha bem fina de feltro, só pra melhorar a aderência. Separei os ganchos antigos, pois ia usá-los de novo.

FOTO6

Aí agora vem a parte mais chateeenha desse projeto. É que tem de ter cuidado pra medir direito pra o parafuso não vazar errado. A gente deve enroscar o parafuso de fora pra dentro, ou seja, da base. Mede a localização exata, dos dois lados, risca e vai enroscando o parafuso por fora. Você pode bater com martelo pra ele fixar e só depois começar se quiser. Tá vendo? Furei de fora e ele saiu do outro lado onde encaixei a prateleira. Pra facilitar ainda mais, abri um furo na prateleira antes de instalá-la. Aí o caminho fica fácil, pois os dois lados têm furinhos abertos. É só enroscar. Se quiser, passa cola também.

FOTO7

Depois daí, furei a base do painel onde os ganchinhos iam passar. E a partir deles, furei a parede. Os ganchos devem ser presos na parede, passando pelo painel e não só no painel, pois não aguenta o peso, entenderam? Olha como ficou!

FOTO8

Ainda furei mais dois pontos na base, logo, na parede, em cima, nas extremidades pra poder equilibrar. Agora sim tá pronto!

Coloquei flores, algumas miudezas nossas como esta lente de marido, minha maquininha e presentes de amigos queridos. No bolsinho, contas e canetas. E por fim, os ganchinhos firmes e fortes!

FOTO9

FOTO10

Então simbora fazer, minha gente! Bom projeto pra vocês! Um beijo e até a próxima! Obrigada também a Aninha. É um grande sonho poder colaborar com este espaço tão querido, autêntico e criativo.

Eva Mota é jornalista e designer de interiores, mora em Vitória da Conquista e é casada com um cara que ama e produz cinema. Após alguns anos aparecendo nas telinhas como repórter de TV, resolveu apostar no seu lado criativo e inquieto, e hoje além de escrever no blog Ateliê Casa de Maria, também resolveu empreender e criar a Lojinha Casa de Maria cheia das suas lindas e criativas belezuras. 

COMPARTILHE
Ana Medeiros
É a neta de D. Edite. Ana comanda o #ACQMVQ e vive diariamente decorando aqui e ali. Trabalha home office produzindo conteúdo para o blog e outras empresas das internetes. É mãe de dois pioios lindos, ama comer, desaguar nas palavras, e não dispensa uma caipirinha no fim de semana. Sabe que ser livre também é perder o controle, que morar é mais do que habitar e que um abraço apertado é melhor que banheira de ofurô.
Faça seu comentário

22 Comentários

  1. Que delícia ver você por aqui também, Evinha querida <3
    Que coisa mais linda e trabalhada esse cabideiro! Amei!
    Esse blog tá cada dia mais arretado, Ana!

    Beijos, meninas!

    • Zii neném!
      Tu sabe do meu carinho por ti, né? É dengo dali, dengo de cá e dengo sempre!
      Mais uma vez, muito obrigada, viu?
      Um beijo e um xêru!!

  2. Amei, amei e vou fazer! Evaa, já conheço o seu trabalho do Ateliê Casa de Maria e adorei ver você aqui também! Tudo de bom! Beijos

  3. Eu adooooro as coisas da Eva! Tudo muito lindo!!! Ameeeei esse cabide, a cara dela! =)

    Confesso que no decorrer da postagem, antes de chegar ao final, pensei que ela estava fazendo um presente pro Jó, pra compensar a paciência dele, rs.

    Beijos

    • Hahhahahahaha Juu! Tu é fofa em dobro, nunca vi! Muito obrigada, de coração! E bem que Jó merece, tadinho! O bichinho é muito bonzinho! E cheguei de lá agorinha hahaha Falei pra ele olhar o blog. Vou saber se leu e o que achou 😀
      Um beijo grande!

  4. Eita q ficou arretado mesmo ! Eva vc arrasou ,eu simplesmente babei. Agora o Jó tá merecendo um mimo pra lá de especial . Xero grande

  5. Mutcho bom!!
    Ficou um charme e o meio ambiente agradece! 😉
    Tomara que vc dê mto trabalho ao Seu Jó, aí não somente a natureza, nós agradecemos!
    Bjins

  6. Arrasou como sempre Eva!
    Texto gostoso e engraçado! Tadinho do Jó!
    A peça ficou linda,e você fazendo não parece dificil !
    Sucesso Flor!
    Beijús!

  7. […] Já e falei que madeira é meu material preferido? Não? Apoisis, te falo. Adoro as possibilidades, reinvenções, tipos, textura, tudo, tudinho. Vivo pra lá e pra cá nas marcenarias sempre que posso e em uma dessas, sempre encontro pedaços pelo chão que são pra mim, de grande potencial Ok. O pessoal não aguenta mais me ver, massss, fazêoquê, gente? Jogar os pedacin no lixo? Oxe, de jeito nenhum, catei alguns e montei um painel cheio de função que muito precisava. É cabideiro, porta chave, prateleira, gancho e por aí vai. O projetinho completo e delícia de fazer tá todinho aqui no querido A Casa Que A Minha Vó Queria, vem ver, clica aqui! […]

  8. Ola, sou nova por aqui , mas adorei o projeto !!! Gostaria de saber onde você compra a madeira ? ela já vem nas medidas ? Você conhece alguma madeireira que venda no Rio de Janeiro ? Obrigada , Carla

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here