Em Bali, mas poderia ser aqui

Poderia ser uma casa de praia tipicamente brasileira, de sala espaçosa, pé direito alto, e uma mesa no centro pra se comer macarrão com salsicha, haha. Mas essa fica logo ali, em Bali.

Paredes brancas e muita madeira. Por falar em madeira, presta atenção em alguns móveis, assim como nas janelas e portas, a tal da “pátina” domina geral. Piso de cimento queimado, piso novo e piso antigo, uma mistureba digna de verão, sol e mar. Cadeiras coloridas e trançadinhas, lembram do moço que passava com os fios coloridos nas costas oferecendo uma renovada naquelas cadeiras de ferro? Era criança e recordo bem.

E esse pendente a la Carmem Miranda? Certeza que vai dividir opiniões, mas que é muito fácil de ter um igual, isso eu não tenho dúvidas, porque a “base” não é difícil de encontrar por aqui, e frutas de “mentirinha” a gente também acha bem fácil em lojas populares.

casaembali4

casa-em-bali1

casaembali1
casaembali3

casaembali

casaembali6

casaembali5

Daqui ó. Um site daqueles cheio de casas reais.

COMPARTILHE
Ana Medeiros
É a neta de D. Edite. Ana comanda o #ACQMVQ e vive diariamente decorando aqui e ali. Trabalha home office produzindo conteúdo para o blog e outras empresas das internetes. É mãe de dois pioios lindos, ama comer, desaguar nas palavras, e não dispensa uma caipirinha no fim de semana. Sabe que ser livre também é perder o controle, que morar é mais do que habitar e que um abraço apertado é melhor que banheira de ofurô.
Faça seu comentário

5 Comentários

  1. Lindimais! Vou começar a procurar coidas aqui em Serra Talhada para colocar em pratica. Ah Ana e as cadeiras com fio de plastico colorido tem aqui em todo lugar, baratinho! Eu tenho uma de balanço roxa qur amo de paixão. Se quiser te levo uma no caminho pra Recife quando for visitar a família. Gravatá é bem no caminho!

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here