#Drops18: Casa transformada, riso, príncipe, esperança, flores.

Arquitetos transformam casa com risco de desabamento em SP (Ficou incrível)

Por meio de uma estrutura com blocos aparentes, a obra foi pensada com sala, lavabo, cozinha, área de serviço, suíte e uma pequena horta. A arquitetura da casa tem características contemporâneas, com um pátio interno que conecta a sala aos quartos.

O local foi projetado para ser bem ventilado e com iluminação natural, mostrando que soluções inteligentes podem ser viáveis para ajudar famílias de baixa renda.

casa-desabamento-apartamento_1-450x449

Quando o riso doi (Um tapa, um…pá!)

Não somos a única fonte de felicidade de uma pessoa. Ela foi feliz antes de nos conhecer e será também depois. Esta noção salva casamentos, elimina restrições e chantagens, acentua o livre-arbítrio, valoriza a relação.

Não é que ela está comigo porque não consegue ser feliz longe, é que, mesmo podendo ser feliz longe, ainda é mais feliz comigo.

…Maturidade é ser indispensável justamente por deixar a porta aberta.

A síndrome do Pequeno Príncipe e o desespero de uma geração emocionalmente doentia  (Só eu concordo com esse texto?)

Assim acaba a história. Triste. Triste porque o principezinho só conseguiu ficar em “paz e feliz” quando a flor estava ali diante dele intacta sem poder ser quem ela é. Triste porque o menino só conseguiu se sentir seguro quando pensou que poderia controlar a flor. Triste porque essa história fala sobre nós e a crise nos relacionamentos que assola nossa geração. Nós estamos doentes.

pequeno principe

Casal alemão cria site igual ao Airbnb para abrigar refugiados (Sen-sa-ci-o-nal)

O que era uma boa ação virou o projeto chamado Flüchtlinge Willkommen (Bem-vindo Refugiados), plataforma online que une refugiados a pessoas dispostas a recebê-los nas suas casas.

O sucesso do site foi é tão grande que os fundadores já receberam proposta para estenderem a plataforma para países como Grécia, Portugal, Reino Unido entre outros.

 

Como fazer uma guirlanda de flores  (Texto em inglês, mas as fotos explicam bem)

flower-garland06

 

COMPARTILHE
Ana Medeiros
É a neta de D. Edite. Ana comanda o #ACQMVQ e vive diariamente decorando aqui e ali. Trabalha home office produzindo conteúdo para o blog e outras empresas das internetes. É mãe de dois pioios lindos, ama comer, desaguar nas palavras, e não dispensa uma caipirinha no fim de semana. Sabe que ser livre também é perder o controle, que morar é mais do que habitar e que um abraço apertado é melhor que banheira de ofurô.
Faça seu comentário

3 Comentários

  1. Amei os textos. Cada um mais bacana que o outro.
    Ser feliz sem depender do outro. Acho isso tão importante!!
    E o site para abrigar os refugiados! Que ideia boa.
    A casa mais em conta: exemplo a ser seguido.
    Boa semana. Bjs

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here