Dicas para se relacionar melhor com a sua casa e torná-la mais feliz

Antes de qualquer coisa, vamos deixar claro que o que faz uma casa feliz definitivamente não é só a decoração, e sim o astral e a solidariedade que rola entre as pessoas que moram ali. A forma como você vai lidar com esse espaço, pode sim ajudar na harmonia, no estado de espírito da família e na felicidade geral da nação.

umacasamaisfeliz

O assunto é extenso e na verdade é algo muito subjetivo também. Como sua casa pode te deixar mais feliz? Realmente é algo que só você pode responder, então nada escrito nesse post são regras, apenas um “start” que sugiro em alguns tópicos.

Para ilustrar, um apartamento lindo em Paris, mas que poderia ser aqui em Gravatá, no Rio de Janeiro, em Macapá ou no interior de São Paulo, como vocês irão observar, boas ideias para uma casa mais alegre se aplicam em qualquer lugar do mundo.

Você já parou pra pensar no que REALMENTE gosta?

apartamento decorado12

Exercício de auto conhecimento e de conhecer melhor quem mora com você, benzinho. Você sabe do que estilo de sofá você realmente gosta? E qual o tipo de música que seus filhos escutam? Qual a cor preferida do seu marido? Pode parecer besteira, mas uma parede vermelha pode incomodar tanto o momento relax do seu bofe, a ponto dele preferir tirar um cochilo no sofá do que ir pra cama de vocês.  

Antes de realmente resolver investir em um móvel novo ou uma pequena reforma, escute as pessoas que moram com você. Quanto mais opiniões melhor, e chegar num consenso que traga bem estar pra todos, trará ótimas consequências.

Deixe a luz entrar, abra as cortinas e escancare as  janelas.

apartamento decorado8

Se tem algo que custa zero reais e deixa a sua casa mais animada, o nome dessa coisinha é luz natural. Se me acordo e vou fazer primeiro o café, antes mesmo de abrir as janelas, sinto que a casa toda ainda está dormindo e sei lá, casa escura é algo triste e dormente.

Deixar a luz entrar, o ar se renovar e até o barulho externo (pra quem mora em avenidas movimentadas e infernais, desculpe) invadir o ambiente, é libertador, revigorante e faz qualquer criatura com cara de lençol se sentir mais disposta.

Não tenha medo de errar

apartamento decorado7

“Adoro a cor turquesa mas tenho medo de pintar uma parede da sala, acho que vou comprar apenas um vaso dessa cor e pronto”.  Ei chuchu, acorda pra vida?

Primeiro me responda: Se der errado tem como reparar? Se a resposta for sim, evita ter medo e deixe de fricote, ok? Se a sua vontade é realmente ter uma parede linda como essa da foto acima, eu te garanto que essa vaso da mesma cor não vai adiantar de nada, e você continuará passando vontade e sua casa continuará te pedindo a tal parede azul.

Já percebeu que a felicidade depende de uma troca entre vocês? Você realiza os seus desejos na casa, ela te retribui te fazendo feliz e satisfeito todos os dias. Ter medo de cores, texturas, ou sei la, de mudar um móvel de lugar, não é o caminho.

Deixe o caminho livre

apartamento decorado6

Sua casa tem regras rígidas e lugares não permitidos?

Seu filho pode brincar de carrinho no tapete da sala ou somente no quarto dele? É realmente assustador uma pilha de brinquedos em cima da minha mesa de centro, mas não há nada mais incrível na minha rotina do que observar sentada no sofá, o Vinícius falando com seus super heróis, fazendo barulhinho do motor do carro com a boca e inventando mil histórias da sua imaginação.

Outra situação: Você fica totalmente sozinha preparando o almoço de domingo por horas e horas enquanto o resto da família conversa na sala? É desanimador quando isso acontece, frustante e a comida é capaz de sair ruim. Como moro em casa alugada, não posso sair quebrando paredes, então a solução que encontrei foi comprar uma mesa grande, com bancos e muitos lugares, assim, quando resolvo cozinhar, levo quem tiver aqui em casa comigo.

Integração é uma palavra muito usada hoje em dia na decoração e arquitetura, e não é em vão, a gente precisa de companhia e aproximação dentro da nossa própria casa. Essa troca e convivência, valem ouro.

Não descarte os detalhes

apartamento decorado5

A gente já falou muito disso aqui, mas não tem como não tocar no assunto mais uma vez: Casa feliz e com personalidade, é uma casa com memórias e pequenas surpresas.

Vale fotos, objetos de viagens, livros, lembrança de alguém especial. Será que você não tem muitas coisas bacanas guardadas nas gavetas?

Vale até o que simplesmente não tem muito significado pra você além do “Tenho porque achei lindo e comprei”, afinal, isso já diz muito sobre você. Investir numa luminária linda, numa cadeira com design bacana ou até mesmo escolher um novo revestimento pro piso da cozinha.

Pequenos prazeres meu povo, pequenos prazeres.

Antes da beleza, o conforto. 

apartamento decorado3

E vamos combinar que nada na sua casa pode ser tão desconfortável a ponto de só servir como enfeite? Não estou falando só de um móvel, muitas vezes até a luz de um abajur nos faz ter dor de cabeça, literalmente.

“Ah, mas é uma peça famosa de um designer famoso. Ok, se a intenção for nunca sentar lá pra ler um livro, vá em frente”.

Por que se esse é o lugar que você tem total liberdade e no qual volta pra casa pra relaxar todos os dias, como deitar numa cama onde as molas espetam sua coluna?

(Caso verídico viu? Eu e o Leo já passamos por isso. E a cama nem tinha beleza, apenas fomos economizar na compra da nossa primeira box, e simplesmente acordávamos quebrados e estraçalhados em 678 partes do corpo).

Pense fora da caixa

apartamento decorado4

E no  mais… Desejo que você realmente absorva o que te faz bem e transfira pra sua casa aquilo que te faz feliz, que não se sinta obrigado a seguir padrões (Quarto infantil vermelho?? Cadê o rosa, gente?), procure boas soluções, não tenha pressa e se entregue sempre que possível a transformar sua casa em um lar.

Como diz o Arnaldo Antunes, muitas vezes na nossa casa só falta mais de nós e dos nossos =)

“Não me falta parede
E nela uma porta pra você entrar
Não me falta tapete
Só falta o seu pé descalço pra pisar”
 

 

 Imagens via 

COMPARTILHE
Ana Medeiros
É a neta de D. Edite. Ana comanda o #ACQMVQ e vive diariamente decorando aqui e ali. Trabalha home office produzindo conteúdo para o blog e outras empresas das internetes. É mãe de dois pioios lindos, ama comer, desaguar nas palavras, e não dispensa uma caipirinha no fim de semana. Sabe que ser livre também é perder o controle, que morar é mais do que habitar e que um abraço apertado é melhor que banheira de ofurô.
Faça seu comentário

12 Comentários

  1. É exatamente isso que eu penso em casa harmoniosa!
    A gente tem que se achar dentro de casa…

    E que apartamento, hein, nega?! Lindo!
    Falta só tá no meu nome… hahahah

    bjão

  2. Ana,
    Definitivamente é incontestável a influência dos blogs de decoração e das publicações voltadas para o segmento , digamos menos abastado da população. Com este conhecimento, de que é possível, sim , com poucos recursos, um pouco de habilidade e boa vontade, tornar a nossa casa mais feliz. Vc pode ter certeza que seu blog colabora muito com isso. Instiga nas pessoas o poder do fazer, imprimir na sua casa a sua personalidade e das pessoas que convivem a sua volta, trazer aconchego…E cada vez mais sinto que isso sim, virou uma tendência! As pessoas tem prazer em estar em casa e cuidar do seu canto, escolher seus objetos, fazer sua própria decoração e o mais importante, se sentirem confortáveis com as suas escolhas.

    Bj grande.
    Cris.

    PS: Melhoras com os enjôos…já passei por isso…2 vezes…!

  3. Ai, ai Ana, concordo em gênero, número e grau. Mas, sofro de um problemão: aqui na minha sala e no quarto dos meus meninos não tem claridade, iluminação natural nenhuma…. e é uma coisa que me incomoda profundamente, mas, não tenho muito o que fazer….enfim, é tentar transformar nossa casa em um verdadeiro lar!!! bjs

  4. Vc conseguiu me traduzir. Precisamos de personalidade, canso muito ao ver casas com cara de showroom. Daí viajo nas casas de minhas avós, tias e amigas das tias, eram tão lindas, tão pessoais e cheias de vida. Cada objeto dialogava conosco, era simplesmente mágico! Que saudade!
    Bjus,

  5. Uma vez alugamos um ap mobiliado, a cama era um horror. A solução mais rápida e barata foi comprar aquelas espumas onde vc escolhe a densidade e manda cortar no tamanho que for, coloca por cima do colchão e pronto. Ajudou muito!

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here