Dicas para organizar as caixas da mudança

Você já organizou as caixas da sua mudança? Embora sejam comuns no mercado de empresa de mudança, as mudanças residenciais ainda deixam muita gente perdida tendo em vista a quantidade de coisas que precisamos conferir antes de nos mudarmos.

O planejamento de mudanças residenciais envolve planejar o cronograma, estabelecer datas e horários, conversar com o proprietário ou administrador do imóvel, negociar com a empresa de mudança contratada e ainda separar um dinheiro extra para emergências.

São tantas coisas para se certificar que um dos pontos mais cruciais das mudanças residenciais acaba ficando em segundo plano: a organização das caixas!

Ao fazermos as caixas de mudança, guardando nossos itens pessoais e bens patrimoniais, estamos preparando as caixas que contém parte da nossa vida até o presente momento e aquilo que iremos levar para o novo lar.

Que tal conferir algumas dicas para organizar suas caixas de mudança e facilitar o processo? Veja abaixo:

  • Categorização

A organização das caixas de mudança pode ser mais simples do que você imagina! Se você pensar em seus bens materiais enquanto itens de diferentes categorias, o processo fica muito mais fácil, prático e organizado!

Ao reunir tudo que você irá levar para o novo endereço, separe os itens para sala, quarto, cozinha, área de serviço e banheiro. Coloque etiquetas nas caixas, identificando cada tipo de item de acordo com as categorias separadas.

Também é válido categorizar as coisas de acordo com o espaço que ocupam em sua casa. Vamos combinar que colocar suas roupas junto dos aparelhos eletrônicos, mesmo que ambos fiquem em seus quartos, pode render uma confusão tremenda, certo?

  • Precaução

Objetos frágeis e bens patrimoniais devem ser vistos como itens de extremo valor em sua mudança. É importante redobrar sua precaução na organização das caixas que contenham esses itens.

Sabe aquela tradicional etiqueta “Cuidado: Frágil!”? Ela deve ser usada para objetos de vidro e demais itens que podem quebrar no transporte. Já bens patrimoniais devem ser levados com maior segurança, podendo ser uma boa ideia investir no aluguel de um self storage para guardá-los ao invés de transportá-los junto do resto da mudança.

  • Transporte

Separe uma caixa com itens de maior necessidade e transporte-a por conta própria. Documentos pessoais, roupas para o dia a dia, medicamentos, itens de higiene pessoal, cartões e dinheiro ficam mais seguros quando estão próximos de nós.

 

COMPARTILHE
Ana Medeiros
É a neta de D. Edite. Ana comanda o #ACQMVQ e vive diariamente decorando aqui e ali. Trabalha home office produzindo conteúdo para o blog e outras empresas das internetes. É mãe de dois pioios lindos, ama comer, desaguar nas palavras, e não dispensa uma caipirinha no fim de semana. Sabe que ser livre também é perder o controle, que morar é mais do que habitar e que um abraço apertado é melhor que banheira de ofurô.
Faça seu comentário

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here