Post convidado*

Se você cansou de ficar buscando uma inspiração décor no Instagram e no Pinterest que dê o verdadeiro “tchan” que faltava na sua casa, que tal se jogar na decoração étnica? Para quem curte um ambiente elegante e ao mesmo tempo ousado, a cultura africana garante que seja possível criar verdadeiras composições babadeiras em alguns cantos da sua casa para dar aquele toque exótico que faltava.

E não é pra menos, né? A cultura africana tem grande expansão em território brasileiro, tanto na gastronomia quanto na religião, como por exemplo, o candomblé e seu jogo de búzios. Aliás, a religião é tão influente no Brasil, que se incorpora até na arte e decoração: as máscaras, feitas de madeira, barro, metais e até marfim, serviam como “catalisadoras de poder” e eram muito usadas em rituais e funerais. Hoje, podem compor paredes tanto da sala de estar, quanto do quarto, dando personalidade ao lugar.

E por falar em personalidade, um dos conceitos estéticos que mais são utilizados na composição de ambientes são as estampas. Tribais, elas criam verdadeiras decorações marcantes em qualquer lugar. São os famosos “kente” (nome dos tecidos africanos) com seus multicoloridos padrões de cores brilhantes, formas geométricas e desenhos ousados. Para usá-los, vale o bom senso: crie uma ou duas combinações diferentes com cores neutras e vivas e use em capas de almofadas, mantas, cobertores e até mesmo no papel de parede.

Outra ótima dica é usar alguns elementos africanos como vasos de barro, esculturas de argila e as já faladas máscaras de madeira. Crie uma composição em algum canto com estes adornos e, para complementar, adicione tons terrosos na decoração, como marrom, verde musgo, laranja escuro e outros desta mesma paleta.

E aí, gostou das dicas? Fique com umas fotinhas para se inspirar e capriche!

 

SHARE
Previous articleMeu banheiro Incepa – Projeto pronto!
Next articleA transformação na mão de Marte
Ana Medeiros
É a neta de D. Edite. Ana comanda o #ACQMVQ e vive diariamente decorando aqui e ali. Trabalha home office produzindo conteúdo para o blog e outras empresas das internetes. É mãe de dois pioios lindos, ama comer, desaguar nas palavras, e não dispensa uma caipirinha no fim de semana. Sabe que ser livre também é perder o controle, que morar é mais do que habitar e que um abraço apertado é melhor que banheira de ofurô.
Faça seu comentário

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here