Móveis espelhados: sofisticação e leveza na decoração

Vocês tem notado um retorno dos móveis espelhados? Lembro que na casa da minha vó materna tinha uma mesa de centro que mainha sempre dizia pra mim e minha irmã “Fiquem longe daí pra não se machucarem nesse vidro!”. Na verdade era um espelho, e obviamente, chamava tanta atenção das pobres crianças que ficar distante dele era praticamente impossível.

Por ser um elemento atemporal, o espelho nunca sai de moda e ainda ganhou status: se antes era aplicado de forma parcial nos mobiliários, hoje segue como tendência em móveis totalmente espelhados e em diversos formatos.

Eles trazem sofisticação a qualquer decoração e passam uma sensação de ryqueza, hahaha. Pelo menos na parte de percepção infantil que reservo aqui nessa pobre cabecinha, espelhos grandes me lembram castelos, palácios. Obviamente uma opinião muito subjetiva.

Outra característica é a camuflagem do móvel no espaço, já perceberam isso? Talvez não..haha. Um armário planejado e espelhado no quarto, por exemplo, some, sendo notado apenas com a abertura das portas, é babado viu? Tornando-se também um local discreto e ideal para que você também possa curtir jogos online através do nationalcasino.com/br

Todavia, os arquitetos são enfáticos em sugerir a parcimônia, uma vez que a colocação de muitos espelhos em um mesmo local pode provocar sensações desagradáveis. “Espelhos em excesso prejudicam não só a acuidade visual, como também a saúde física e mental dos moradores. Seu emprego de forma intensa só vai bem em mostras de arquitetura e arte, quando a proposta caminha por um lado conceitual e que provavelmente terá um tempo máximo de permanência”

Para a melhor utilização desse móvel, é interessante determinar que ele seja um ponto focal no cômodo, refletindo o máximo dele através das luzes e transformando a mobília em destaque. Outro ponto positivo é a possibilidade de dar mais funcionalidade a outros móveis como, por exemplo, a instalação de espelhos em portas de guarda-roupa. “Em casos de dormitórios com dimensões que não possibilitam a inserção de um espelho solto, essa é uma ótima alternativa. Ali ele não será só uma porta, mas também um componente para que o morador possa se enxergar ao vestir uma roupa”, ressalta Lucas.

Outros pontos importantes para avaliar:

Espelhos e combinação com cores

>>>>> O espelho se equilibra com qualquer textura, material ou cor. Com essa premissa, o material permite uma mistura muito bem-sucedida com móveis de acabamento em tons nude, pastel, prata, bronze e gradientes de cinza.

Avaliar ao comprar móveis espelhados

>>>>> Na elaboração do projeto de interiores, os profissionais recomendam adquirir o mobiliário espelhado em lojas de confiança. Os cuidados são relevantes, haja vista a qualidade e resistência deve ser assegurada.

Cuidados na limpeza e manutenção

O único ponto negativo é a questão da limpeza, já que o espelho adere com facilidade as manchas de dedos e gorduras. Com isso, a frequência de higienização deve ser constante. Em hipótese alguma o morador deve aplicar produtos abrasivos ou panos que não apresentem textura macia e não soltem os temidos fiapos. Acompanhe algumas dicas valiosas:

• Espanador e pano macio: ajudam a eliminar a poeira acumulada e evita que o espelho seja arranhado;

• O papel toalha pode ser eficaz para retirar o excesso de gordura em espelhos presentes na cozinha;

• Em superfícies com muitas manchas, um pano umedecido ou detergente neutro costuma ser eficaz;

• Vinagre branco e álcool são excelentes aliados contra as manchas e devem ser aplicados com um pano umedecidos com as substâncias. Na sequência, finalize com um papel toalha.

Essa postagem teve a colaboração de

www.bmarquitetos.com.br 

@blaiaemoura.arquitetos 

(11) 97486-2668 e (11) 95924-9680

COMPARTILHE
É a neta de D. Edite. Ana comanda o #ACQMVQ e vive diariamente decorando aqui e ali. Trabalha home office produzindo conteúdo para o blog e outras empresas das internetes. É mãe de dois pioios lindos, ama comer, desaguar nas palavras, e não dispensa uma caipirinha no fim de semana. Sabe que ser livre também é perder o controle, que morar é mais do que habitar e que um abraço apertado é melhor que banheira de ofurô.
Faça seu comentário

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here