Cemitério de azulejos, lugar cheio de vida e boas ideias!

Sábado passado fui a esse “cemitério”  de azulejos antigos (como costumam chamar) e só não enlouqueci e voltei com as mãos cheias porque o marido foi comigo e ponderou o meu querer. Que maravilha é ir a um lugar assim, com tantas preciosidades e mil ideias na cabeça. Digamos que essa primeira visita foi pra reconhecimento de território, mas como fica bem perto aqui de casa, posso ir lá diariamente e pra todo sempre, amém.

As meninas do Superziper já fizeram alguns projetinhos que quero pra mim, como esse do aparador e esse outro cachepô aqui. E os quadros com essas criaturas não são lindos? Posso até ter dúvidas do que vou comer hoje no jantar, mas não tenho nenhuma, que farei isso na minha nova sala (Falei que to decorando a minha sala de verdade agora? Saindo de todo o improviso pós mudança, pós parto? Oi? Os móveis estão chegando e a tinta comprada, próxima semana vou mostrando as belezas).

Esse cemitério que fui, que não é cemitério, é museu, fica aqui no Rio no bairro da Gardênia. Os precinhos variam, mas os mais caros custam R$5,00 e os mais baratos R$2,00. Daí tem os ladrilhos que são mais caros pero no mucho.

Trouxe esses para amá-los e tê-los junto a mim, tá, pra fazer o cachepô.

Pensei em fazer uma listinha de cemitérios de azulejos pelo Brasil, mas depois de perguntar pro pessoal no Twitter e Facebook, vi que são bem populares e nem um pouco difíceis de achar. Então se você não souber onde tem na sua cidade, vai na nossa página que as meninas estão deixando os endereços e dicas nos comentários relacionados ao post, e se não tiver nenhuma informação, fica a vontade pra perguntar que só tem gente boa por lá, ok?


COMPARTILHE
Ana Medeiros
É a neta de D. Edite. Ana comanda o #ACQMVQ e vive diariamente decorando aqui e ali. Trabalha home office produzindo conteúdo para o blog e outras empresas das internetes. É mãe de dois pioios lindos, ama comer, desaguar nas palavras, e não dispensa uma caipirinha no fim de semana. Sabe que ser livre também é perder o controle, que morar é mais do que habitar e que um abraço apertado é melhor que banheira de ofurô.
Faça seu comentário

34 Comentários

  1. Ana, vc fez uma ótima combinação amarela nos seus azulejos. Estou planejando uma visita ao cemitério de azulejos da cidade que moro (sim! td cidade tem o seu!) e tentar fazer uma seleção para revestir em cima da pia do lavabo, que hoje é só pintada e sem-graça.

  2. A primeira vez que vi isso foi com a Katita do Piteu. Adorei. Depois vi que bombou nas revistas. Eu quero surrupiar a ideia dela, colocar umas camadas no tanque, já suspiro de tão lindo.
    Aqui em Campinas tem um ótimo, em um bairro chamado Proença.
    As coisinhas que vc vai fazer ficarão ótimas.

  3. Ai meu Deus, ressuscitando o monstro da antiguidade que existe dentro de mim! rsrsr Eu estava para ir no Museu aqui de Londrina, mas esqueci.Ia cobrir uma mesa de centro e ficou por isso mesmo. Agora vc me lembrou… ai, ai ai…

    O museu de Londrina tem uma página chique´rrima. Vou postar lá

    beijoca

  4. oi linda, ador esses azulejos,tanto q minha cozinha é desse amarelinho com a flor dentro do círculo e não pretende mudar,,,vou tentar tirar uma foto e te mandar..é mt fofo!!bjsssssssssss

  5. Ana, vc é do Rio, né?
    Vai uma dica! =D
    Em Del Castilho, na av. Suburbana, em frente ao Shop. Nova América, tem várias lojas com azulejos antigos. É um shopping a céu aberto, uma loja do lado da outra.

  6. AMEI QUANDO VI A MATERIA NA REVISTA,ESTOU MANDANDO MEU E-MAIL PARA QUE VOCE POR FAVOR,MANDE ALGUM ENDEREÇO AQUI EM FORTALEZA.BJS E OBRIGADO

  7. Em minha cidade Maringá – PR tbem tem um museu do azulejo, e acreditam q nunca fui! só vendo essas idéias maravilhosas e animar dar uma cara nova para casa.

  8. Adorei a ideia dos painéis. Queria fazer um aqui pra casa. Como poderia fazer? Me dê uma luzzz!

    Adoro seu blog. Sempre acompanho.

    Bjs!

  9. Meu deus: minha oma tem o azulejo de florzinha amarela na cozinha dela! Que coincidência, pois estava vendo o blog na casa dela e quando me deparei com a imagem..esses da casa dela já tem 40 anos de história.

    • Fica aqui na Gardênia, bem no final da Ayrton Senna sentido Freguesia =D Qualquer coisa me passa um email que tenyo achar no google maps pra vc ta Thalita? Beijão

  10. oie, primeiramente,seu blog é lindo.da vontade de ficar o dia inteiro olhando ele.mas com tres filhos…é difícil rsrs.
    poxa,queria conseguir fazer td isso..mas acho q tem q ter dom..moro numa casa alugada,feinha..queria tanto da uma alegrada nela…bom mas indo p assunto do post,será onde encontro um cemitério desse aqui em Belo Horizonte?bjssssssss

  11. Oi Ana, conterrânea arretada!
    Tô morando em Salvador e queria saber se tem algum desses oásis de azulejos por aqui! Ajuda aeh.
    Beijocas!

  12. Prezados boa noite , gostaria de saber se voces tem ou me indicariam onde comprar um piso fora de linha da NOVO PISO COR MARFIM .

    abraços!!!!!!!

  13. Oie. Adorei seu blog. Tô procurando feito louca, louças para banheiro ( vaso e lavatório ) na cor vermelha. Sabe onde posso encontrar aqui no RJ?

  14. Boa noite !
    Muito simpático o blog e voltarei em outra oportunidade, com certeza !
    Mas o que chamou minha atenção foram os cemitérios/museus de azulejos.
    Haveria uma lista de endereços que pudessem compartilhar ?
    Att, ACossich

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here