Antes e depois: A transformação da casinha velha em atelier e morada da Mari

Não lembro bem como conheci a Mari, mas sei que foi há alguns anos, e sempre acompanhei o trabalho dessa moça toda prendada. Semana passada ela me enviou um email todo lindo contando sobre a reviravolta em sua vida e a reforma do seu atelier, e obviamente pedi pra mostrar aqui no blog toda essa transformação e história.

A Mari comanda a lojinha Mari Salles Patchwork, é uma fotógrafa de mão cheia, além de fazer coisas lindas pra gente, nossas casas e para bebês, faz os buquês de casamento mais lindos que já vi. Também é blogueira. Mora em Santa do Parnaíba (SP), é uma costureira de mão cheia e ainda formada em ciências contábeis. Adoro como ela se define: Uma mistura de Ted Mosby, Sherlock Holmes e Han Solo. Eu sou a Mariana. Hahaha.

O post é grande, eu sei, mas não deu pra descartar uma foto de todas que foram enviadas. Nem do antes nem do depois, desculpaê.

O ANTES:

Atelier-de-costura-antes---a-casa-que-a-minha-vo-queria1 Atelier-de-costura-antes---a-casa-que-a-minha-vo-queria-2 Atelier-de-costura-antes---a-casa-que-a-minha-vo-queria-3 Atelier-de-costura-antes---a-casa-que-a-minha-vo-queria-4

Tudo começou quando eu me divorciei, e precisei voltar para a casa dos meus pais. Nós tínhamos no quintal uma casinha que minha mãe usava como depósito, que foi reformada. Minha amiga arquiteta Gabriella Freitas foi a responsável pelo projeto e pelo acompanhamento da reforma aqui, todos os dias.

Ampliamos o espaço e projetamos um ateliê funcional e lindo ao mesmo tempo, um espaço para que eu possa inclusive morar. Conseguimos então dividi-lo em um espaço para uma cama de solteiro e um banheiro, já que o mais importante era o espaço de trabalho.

Com ajuda da Gabriella, aconteceu toda a reforma de alvenaria, e com a Amanda Budoia, outra querida amiga arquiteta, fizemos o projeto de decoração.

Usamos um monte de coisas bem baratex, como os cavaletes para as mesas, comprados em SP, na rua do Gasômetro e um pé de máquina de costura antigo, que era da minha avó para a mesa do computador. Eu mesma pintei de branco o gaveteiro e os cavaletes. Para guardar meus tecidos lindos, reformamos outro móvel de família, que ganhou a cor rosa (tão minha cara!) A Amanda encontrou para mim puxadores de botão na Zara Home. Foi minha cereja do bolo.

Minha cama colocamos em pallets sem acabamento nenhum, para deixar bem descontraído. Amei essa escolha delas. Pra dar mais alguma cor, colocamos quadrinhos nas paredes acima da cama.

 E o banheiro, decidimos fazer sem azulejos, só com pastilhas na área molhada. As pastilhas são vidrotil, e como eu sou muito colorida, escolhi colocar baldinhos coloridos para organização do banheiro e a prateleira para acomodar toda a minha maquiagem 😉

O DEPOIS:

decoração atelie de costura mari salles a casa que a minha vo queria 1 decoração-atelie-de-costura-mari-salles-a-casa-que-a-minha-vo-queria-2 decoração-atelie-de-costura-mari-salles-a-casa-que-a-minha-vo-queria-4 decoração-atelie-de-costura-mari-salles-a-casa-que-a-minha-vo-queria-5 decoração-atelie-de-costura-mari-salles-a-casa-que-a-minha-vo-queria-6

decoração-atelie-de-costura-mari-salles-a-casa-que-a-minha-vo-queria-3

decoração-atelie-de-costura-mari-salles-a-casa-que-a-minha-vo-queria-10 decoração-atelie-de-costura-mari-salles-a-casa-que-a-minha-vo-queria-7 decoração-atelie-de-costura-mari-salles-a-casa-que-a-minha-vo-queria-8 decoração-atelie-de-costura-mari-salles-a-casa-que-a-minha-vo-queria-9

decoração-atelie-de-costura-mari-salles-a-casa-que-a-minha-vo-queria-11 decoração-atelie-de-costura-mari-salles-a-casa-que-a-minha-vo-queria-12 decoração-atelie-de-costura-mari-salles-a-casa-que-a-minha-vo-queria-13
Que lindo, né gente? Desejo imenso que esse lugar traga muito sucesso e muito trabalho pra Mari.

Links:

Mari Salles Patchwork

Blog/Loja da Mari

Fanpage

Arquitetas:

Gabriella Freitas

 

COMPARTILHE
Ana Medeiros
É a neta de D. Edite. Ana comanda o #ACQMVQ e vive diariamente decorando aqui e ali. Trabalha home office produzindo conteúdo para o blog e outras empresas das internetes. É mãe de dois pioios lindos, ama comer, desaguar nas palavras, e não dispensa uma caipirinha no fim de semana. Sabe que ser livre também é perder o controle, que morar é mais do que habitar e que um abraço apertado é melhor que banheira de ofurô.
Faça seu comentário

11 Comentários

  1. Lindo e “real”, útil. Uma casa pra usar! Fiquei apaixonada e se eu morasse sozinha, com certeza minha casa teria essa pegada. Esses tons de rosa me fascinam, amo essa cor na decoração <3 Linda, linda! Apaixonada!

    Um beijo,
    Re

  2. Ana agora vi valor,primeira vez que vejo uma casa assim um blog,nada de CASA COR,realidade,amei,me apaixonei por esta reforma,uma casinha,a realidade de muitos brasileiros é assim,2 cômodos e banheiro e olhe lá,nosso povo é muito sofrido,mas com um post desse,nossa meio mundo vai se inspirar e realizar,parabéns,não é atoa que sigo seu blog e traga mais isso,essa simplicidade cheia de mimos,eu daqui admirando vc,seus pioios,sua autenticidade,bju querida!!!

  3. Amei toda a decoração.Ficou show!!Parabéns a Ana e as arquitetas!Trabalho incrível! Estou com um espaço e estou tentando decorá-lo para o meu ateliê,pena que não conheço nenhuma arquiteta e financeiramente falando….mas confesso que me inspirou. Parabéns!!Toda sorte de bênçãos sejam sobre vocês!!

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here