Veja o que você deve saber antes de fazer uma mudança

“Nada é permanente, exceto a mudança”. A famosa frase de Heráclito reflete bem sobre o caráter da mudança, inerente à existência e natural, que ocorre a todo momento e em diferentes contextos. Um dia a pessoa que morou com você, por exemplo, de repente declara independência e vai morar sozinha. Um amigo de longa data avisa que está indo trabalhar em outro país e não sabe quando voltará; até mesmo o achocolatado de sua marca favorita acaba eventualmente no supermercado e você precisa comprar outro, de qualidade um pouco duvidosa.

As mudanças, muitas vezes, são responsáveis por nos tirar da zona de conforto e apresentar novidades, mesmo que nem sempre os novos acontecimentos sejam os melhores possíveis. Porém, sem eles, a vida torna-se estática, uma experiência em que a inércia determina as relações humanas e os ambientes.

Por isso, mudar é sempre necessário, ainda mais quando a mudança é referente ao que chamamos de lar. Podemos seguir o conceito do design emocional e fazer algumas alterações na mobília, na pintura e até nas lâmpadas; o ambiente, com certeza, ficará renovado. Às vezes, a mudança também é de CEP, pela vontade — ou necessidade — de morar em outro lugar. Porém, em momentos como esse algumas pessoas se complicam um pouquinho. Seja pela falta de planejamento prévio ou devido à ansiedade da mudança, muitas coisas não são consideradas. A consequência disso, claro, pode ser muita dor de cabeça. Por isso, separamos 5 coisas que você deve saber antes de fazer uma mudança de casa; confira:

COLECIONE CAIXAS

Uma das primeiras coisas a se fazer ao planejar uma mudança é juntar o maior número de caixas de papelão possível (realmente adquira o máximo possível, você vai precisar). Tente conseguir caixas de tamanhos variados e lembre-se da importância delas serem bem resistentes. Um bom lugar para conseguir algumas pode ser em estabelecimentos como supermercados e lojas de eletrodomésticos. Uma dica muito válida também é fazer cortes em formato triangular nas laterais das caixas, pois servirão como “alças” e facilitarão o transporte.

EXERCÍCIO DO DESAPEGO

Não tem como, muitas vezes é realmente necessário deixar para trás alguns itens. Seja pela incapacidade de levá-los para a casa nova ou pela pouca usabilidade, há objetos em que será preciso praticar o desapego e doá-los para outra pessoa. Saber o que será levado em consideração no processo da mudança faz com que tudo seja organizado mais rapidamente.

LISTAS SÃO IMPORTANTES

Na hora da mudança é muito importante ter em mente a importância das listas. Afinal, elas serão responsáveis pela organização de muitas coisas. Além de servirem para indicar quais “relíquias” serão guardadas em cômodos específicos, funcionam muito bem como lembrete.

ATENÇÃO AO NECESSÁRIO

De início, separe os itens cruciais para os primeiros dias na casa nova. Já pensou se mudar e, ao chegar, não ter roupa limpa para vestir após o banho? Portanto, objetos como escovas de dente, roupas, utensílios domésticos e materiais de higiene devem estar em um lugar separado e com fácil acesso.

MEDIDA DOS MÓVEIS

Esta dica vale para (muito) antes de começar a empacotar seus itens para se mudar para a casa nova. É bem importante medir os móveis e pensar como encaixá-los na nova residência — às vezes, é preciso saber se eles vão caber, inclusive. É válido também ponderar que é necessário medir as portas e outras entradas da casa para saber se os móveis passam por elas. Afinal, ninguém vai querer ficar com o sofá do lado de fora, não é mesmo?

COMPARTILHE
Ana Medeiros
É a neta de D. Edite. Ana comanda o #ACQMVQ e vive diariamente decorando aqui e ali. Trabalha home office produzindo conteúdo para o blog e outras empresas das internetes. É mãe de dois pioios lindos, ama comer, desaguar nas palavras, e não dispensa uma caipirinha no fim de semana. Sabe que ser livre também é perder o controle, que morar é mais do que habitar e que um abraço apertado é melhor que banheira de ofurô.
Faça seu comentário

2 Comentários

  1. Oie Ana!!
    Saudades de quando escrevíamos mais com o coração, quando iniciamos no mundo da blogosfera. Um chamado para volta do essencial 🙂
    grande beijos daqui de São Paulo.
    Regiane

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here