Sobre fim e recomeço

O ano de 2015 tem sido um ano revolucionário pra mim. Um ano de aprendizado pela dor e pelo amor, e por mais que em alguns momentos as coisas pareçam mais tormenta do que horizonte, o dia seguinte sempre me mostra que a vida é uma coisa linda e cheia de boas surpresas.

Relutei um pouco em escrever o que tenho pra falar agora, queria ter certeza, paz e boas palavras. Nunca pensei em justificativas, porque muitas vezes não dá pra explicar o que sentimos, mas mesmo com um lencinho em mãos, é com um certo alívio que venho dizer que a Casa de Criação não existe mais. 

A loja sempre foi um projeto a dois, que surgiu de uma parceria incrível, com uma sintonia ímpar e um entusiasmo que estava presente enquanto ainda se sonhava junto. E sim, tentamos, não foi por falta de “espera mais um pouquinho”, “calma que tudo se resolve”, “mas é um projeto tão lindo, vocês já conquistaram tanta gente”. Tentamos. É duro dizer, mas projetos também morrem (Alguém aí tem mais um lencinho?).

A partir de agora quero abrir espaço para o novo (ou para voltar com outros projetos que deixei pelo caminho), para outras boas ideias, para algo que me motive e me leve para outros lugares, já passei por isso e sei que é mais do que possível. Sou uma criativa serial e entusiasta do faça você mesmo, que vai muito além de coisas para a decoração das nossas casas. Sabemos que arregaçar as mangas é trabalhoso, mas todo o processo é muito, muito, muito bom, e vale pra tudo na vida.

E o mais importante de tudo: Muito obrigada por prestigiar, apoiar, incentivar, compartilhar e amar o nosso trabalho durante todo esse tempo. Foram tantas encomendas enviadas, tantos clientes conquistados e tantas alegrias. Sou extremamente grata e me faltam palavras.

Certeza que volto daqui a pouco contando sobre algo motivante em minha vida, e cheia de esperança que possa chegar até vocês com todas as boas energias e amor que sempre tentei espalhar por todos que seguem o meu trabalho durante todos esses 6 anos que “estou na internet”.

Tem sido um ano revolucionários, meus amores. Conto com vocês.

Com carinho,

Ana

recomeço

PS: Gosto de uns pitacos, então me conta: De que forma revolucionária o ACQMVQ pode chegar até você? Me ajuda nessa? Uma nova loja, mais conteúdo, encontros, tem ideia de um projeto massa que possamos fazer juntos? Tenho as minhas, mas eu quero saber de vocês, quero chegar mais perto, quero brindar de mãos dadas. Me ajuda?

COMPARTILHE
Ana Medeiros
É a neta de D. Edite. Ana comanda o #ACQMVQ e vive diariamente decorando aqui e ali. Trabalha home office produzindo conteúdo para o blog e outras empresas das internetes. É mãe de dois pioios lindos, ama comer, desaguar nas palavras, e não dispensa uma caipirinha no fim de semana. Sabe que ser livre também é perder o controle, que morar é mais do que habitar e que um abraço apertado é melhor que banheira de ofurô.
Faça seu comentário

14 Comentários

  1. Ana,

    Te acompanho desde o início, você sabe.
    E tenho uma opinião esbravejante e raivosa daquelas de : “tomara que perca o pinto” sobre o que deduzo ter acontecido.
    Mas tenho outra opinião, também.
    A que você é foda.
    E que você conseguirá conquistar muito mais.
    Muito mais!
    Que as recompensas sejam infinitamente maiores que as perdas.
    E que o aprendizado te fortaleça e seja breve – parando de te dar porrada, porra!

    Um beijo bastante passional.

    Ro

  2. Será que não rola uma promoção para queimar o estoque???
    Tenho certeza que vc irá renascer… Mais linda e feliz que nunca!!
    Boa sorte!

  3. Eu voto pra você vir me ver!!!! Hahahaha! Amiga! Vamo invadir a casa das pessoas, fazer bazares com toda a quinquilharia que juntarmos e redecorar com amô e função, no melhor estilo american way?! #tamojuntasempre! TE AMO!!!

  4. Olá, Ana.
    Estou aqui pensando…que ainda queria uns pés palitos…kkk
    Era uma coisa tão linda a Casa de Criação. Mas concordo com vc que ciclos precisam ser fechados. Vc sabe o que faz. Tenho certeza de que virão projetos lindos da sua criatividade. Muita luz pra vc. Beijos querida amiga virtual ; )

  5. Ana, seja como e onde for, que você tenha muitos motivos para sempre seguir, colocar sua criatividade em prática e conquistar muuuuuuito mais.
    Às vezes é preciso abrir mão, se libertar de algo… E seguir leve, levinha!

    Levezas e conquistas em seu caminho, sempre!

    Beijão

  6. De pronto dá para notar que nesses 6 anos fizestes muitas amigas virtuais e, com certeza, todas te desejam sucesso em qualquer atividade que se disponha a executar.
    A vida é mesmo assim, feita de altos e baixos e para cada monento

  7. E não é que levei um tombo virtual. ..:-(
    …e para cada momento há de se ter uma solução e, perseverança, é a palavra de ordem que te desejo.
    Abraços carinhosos
    S. O.
    Rio

  8. Olha… não vou negar que estou triste! A Casa de Criação era minha referência: tanta coisa linda, tanta coisa que queria e ainda quero como p.ex., o São Jorge na madeira (tava esperando virar o mês, pois adquiri o ‘móvel mais lindo do mundo!’ que tem uma Ilustra de São Francisco da Borogodó em cima). O ser humano é egoísta (e aqui me incluo): adora começos mas detesta finais… mas tenho que respeitar a decisão de vocês. Fica a saudade e a torcida para novos horizontes e o retorno do amor e da beleza (mesmo quê por outras vias) que vocês nos proporcionaram.

    Grande amor, paz e luz!

  9. Ai, Ana, agora sinto por ter ficado adiando a compra dos nichos de casinhas… Tenho pôsteres em casa do tempo da primeira lojinha, tenho muito carinho por eles; o de N. Sra. Aparecida no quarto dos filhotes é o meu xodó. Agora fico no aguardo do seu próximo projeto, que tenho certeza que vai ser admirável também, torcendo para que toda fase ruim passe logo. Muita luz pra você e a família, querida. Sucesso!

  10. Tenho certeza que tem coisas muito melhores lá na frente, logo ali depois daquela curva, você ainda não consegue ver porque não fez a curva, mas faltam só alguns passinhos firmes e você verá que a paisagem vista de lá é bem melhor! Grande beijo e tudo de bom. Siga com firmeza, mas com leveza, porque nessa caminhada não se deve levar nada que pese demais.

  11. Uma queima de estoque deixaria o povo eufórico. Uma loja nova para recomeçar e nos presentear com os resultados do seu trabalho e ENCONTROS PRESENCIAIS sim. Poderia arranjar parceiros pelo Brasil a fora para realizar eventos do tipo bazar ou cursos. Eu estou em Salvador, lembre de mim quando vier por aqui com um novo projeto. Pode fechar os ciclos que quiser, mas permitanos participar sempre do recomeço. Beijos!

  12. Doi, mas nesta vida tudo passa. Então olhe pra frente que tem muita coisa boa pra vc viver, criar e realizar. Boa sorte e sucesso!!!

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here