Que tal uma estampa só sua? Passo a passo

Na última vez que fui ao Rio, lá comecinho da gravidez do Bê, dei uma passadinha no Saara e comprei umas peças de MDF com desenhos de gaiolas de passarinho. A minha ideia era fazer algo para o quartinho ou enxoval dele, mas os meses se passaram, o menino nasceu, daqui a pouco tá prestando vestibular e as gaiolinhas não saiam da gaveta.

Até que hoje resolvi fazer o que mais gosto de fazer nessa vida: Passo a passo pra esse blog esforçado e querido. Comprei dois metros de tecido branco, algumas tintas para tecido e juntei as gaiolinhas debaixo do braço. Chamei o marido, troquei a frada do mini pioio e fui para o meu lugar oficial de tutoriais a partir de hoje, que será nesse espaço lindeza da galeria onde fica a nossa lojinha física (E antes que me perguntem, já falei dela aqui e das mesas e cadeiras também nesse outro post).

_0ESTAMPANDO_TECIDOS_01

Essas peças de MDF vocês encontram em qualquer casa de artesanato. O rolinho comprei numa casa de materiais artísticos lá em SP, mas você pode improvisar com qualquer rolinho de massa, um pedaço de cabo de vassoura, etc.

_0ESTAMPANDO_TECIDOS_02

Daí foi só começar a brincadeira, que tá bem explicadinha nas fotos abaixo:

_0ESTAMPANDO_TECIDOS_03

Primeiro fiz todas as gaiolinhas pink, deixando espaço para as gaiolas amarelinhas que viriam depois. Ameeeei o resultado final e já penso em uma almofada compridinha.

_0ESTAMPANDO_TECIDOS_04

 

Agora com um pedaço de tecido maior e com mais firmeza e segurança, haha, arrisquei estampar o tecido com as peças grandes.  E não sei vocês, mas enxergo uma passadeira de mesa em potencial, me aguardem!

_0ESTAMPANDO_TECIDOS_05

Pensando seriamente em reunir uma galera por essas bandas e fazermos uma oficina de estamparia aqui em Gravatá City. Já estou lendo um livro bem bacana e vou testar outras técnicas pra ficar mais sabidinha.

Com seus tecidos personalizados as possibilidades são muitas: Fazer almofadas, cobrir a cúpula de um abajur, fazer fronhas, passadeira de mesa, cortinas…O céu é o limite, Brasil!

Gostaram? <3

COMPARTILHE
Ana Medeiros
É a neta de D. Edite. Ana comanda o #ACQMVQ e vive diariamente decorando aqui e ali. Trabalha home office produzindo conteúdo para o blog e outras empresas das internetes. É mãe de dois pioios lindos, ama comer, desaguar nas palavras, e não dispensa uma caipirinha no fim de semana. Sabe que ser livre também é perder o controle, que morar é mais do que habitar e que um abraço apertado é melhor que banheira de ofurô.
Faça seu comentário

17 Comentários

  1. Muito fofos e tão simples,mas a pior parte é começar…. pq? a gente fica dias,meses,anos com algo tão prazeroso e simples por fazer só porque não temos coragem pra começar ???
    Obrigada por começar ai,pq eu estava com uns panos de pratos que crochetei um bico e tava achando ele muito limpo,branco hehehehe e tava querendo fazer algo,porém como ja tinha barrado de crocher,não queria colocar mais apliques de crocher e agora já sei que vou fazer!
    abraço!

  2. Olá Ana…. Adorei a idéia…. Já vi várias técnicas de estampar, mas essa é daquelas que a gente para e pensa: como nunca pensei nisso??? Ainda bem que tem umas pessoas mega especiais que sempre pensam fora da caixinha…. o resultado? Um trabalho lindo, simples e prático como este que você nos deu de presente!!!

    Beijão e Sucesso na Loja <3

    Simone Soares – Blog Recicla Home Design

  3. Ana, você é corajosa! Porque, considerando que temos que segurar direto no trequinho de MDF, a chance de ficar tudo borrado é graaande.
    Mas o resultado é boniteza pura e vamos combinar que essa história de DIY é para os fortes…

  4. Vi a técnica e logo me lembrei das pilhas de ecobags cruas que tenho em casa. Ô diquinha boa hein Ana! Valeu mesmo! Você não se cansa de trazer ótimas ideias sempre né sua linda?

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here