Quais seus prejuízos para a saúde quando se é sedentário?

Com as facilidades que a tecnologia em nosso cotidiano, é comum que muitas pessoas acabem ficando sedentárias, que é quando os exercícios físicos não são o suficiente para o corpo, prejudicando também a sua saúde como um todo.

Nossos ancestrais precisavam correr, pular e se proteger o tempo todo e, por mais que tenhamos evoluído como sociedade e temos tecnologia avançada, nossa fisiologia ainda precisa de movimento para sermos pessoas saudáveis. Não é necessário ir “tão longe”, já que nossos avós mesmos não tinham computadores e nem televisores e as pessoas precisavam ir às ruas para trabalhar e se divertir.

Para conscientizar sobre os malefícios do sedentarismos, que também anda comum na infância e na adolescência devido aos tablets, smartphones, laptops e ausência de brincadeiras mais saudáveis como “esconde esconde” ou “pega pega”, resolvemos elencar alguns malefícios deste nocivo hábito de vida e também como sair dele.

Claro, é comum saber de pessoas que socializam hoje, apenas pela internet. Na internet, elas fazem coisas que não fariam antes de qualquer outra forma sem sair de casa, como conhecer outros indivíduos. Algumas crianças e adultos jogam no smartphone ou em consoles o dia todo, se puderem. Não achamos isso errado e é um meio de entretenimento. Há até empresas que entendem este conceito e criam um tipo de “entretenimento consciente”, limitando o acesso do usuário, tornando assim o entretenimento mais saudável para o mesmo. Visite o site para mais informações. No mais, o que dizemos abaixo é como uma ajuda para o leitor, para que ajuste suas atividades em questão, não podendo ser tratada como ajuda médica ou psicológica profissional, sempre procurando um profissional caso precise.

Depressão: Exercícios físicos, em especial os aeróbicos, liberam endorfinas e dopaminas, fazendo a gente ter bem estar e felicidade, combatendo a depressão. Alguns estudos mostram que os efeitos benéficos dos exercícios físicos são tão eficazes quanto remédios que auxiliam no combate a doença. Para isso, não é necessário “grande esforço”, bastando 30 minutos de esteira em intensidade moderada para já sentir os efeitos benéficos em seu bem estar.

Obesidade: Quem não pratica exercícios físicos regularmente não só gasta menos energia do que o ideal, como acaba tendendo a comer quatro vezes mais que o normal segundo o Dr.Márcio Tannure, especialista em medicina esportiva.

Afinal, ficar em frente a um computador ou a uma televisão comendo aquele pacote de salgados acaba sendo mais “atraente” por um momento, só que acaba contribuindo para os malefícios da saúde. Da obesidade vem diversos outros malefícios, como doenças cardíacas, diabetes, possibilidade de complicações respiratórias, dores nas articulações, fadiga, complicações gastrointestinais e por aí vai.

Menos fertilidade para os homens: Exercícios físicos aumentam a produção natural de testosterona e há estudos que afirmam que os homens que malham tendem a ter esperma de maior quantidade e qualidade quando comparado ao dos homens sedentários.

Problemas gerais: Pessoas sedentárias são mais propensas a terem osteoporose, dores nas costas, envelhecimento precoce, intensifica os efeitos da menopausa nas mulheres e há estudos que correlacionam o sedentarismo ao câncer, em especial o de cólon.

O detalhe é que o sedentarismo é um ciclo vicioso, o que significa que quanto mais tempo você fica nele, mais difícil é sair dele. Por isso, algumas dicas para mudar de vida incluem:

Introdução de uma alimentação saudável, praticar pelo menos 30 minutos de exercícios diariamente, se movimentar nas pequenas coisas do dia como levantar para buscar uma comida, ou subir um lance de escadas ao invés de subir um andar de elevador; fazer atividades domésticas etc. Qualquer movimentação do corpo já é benéfica para a saúde.

COMPARTILHE
Ana Medeiros
É a neta de D. Edite. Ana comanda o #ACQMVQ e vive diariamente decorando aqui e ali. Trabalha home office produzindo conteúdo para o blog e outras empresas das internetes. É mãe de dois pioios lindos, ama comer, desaguar nas palavras, e não dispensa uma caipirinha no fim de semana. Sabe que ser livre também é perder o controle, que morar é mais do que habitar e que um abraço apertado é melhor que banheira de ofurô.
Faça seu comentário

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here