Por que ter um pé palito custa tão caro???

UPDATE: Se você chegou até esse post, certamente está procurando um pé palito pra comprar e reformar um móvel ou inventar um novo né? Alguns anos se passaram e agora NÓS PRODUZIMOS PÉS PALITOS, de madeira maciça e COM UM PRECINHO SUPER EM CONTA! Pode clicar aqui e comprar os seus!!!  Bem-vindos a DAVÓ!

banner_pé_palito_facebok

Meu sonho é entrar em um antiquário, bazar ou coisa parecida e encontrar um móvel antigo com um preço camarada. Eles geralmente custam os olhos da cara e sou pobrinha e/ou pirangueira, sei lá. Mas decidimos algo aqui em casa e é pra valer: Iremos daqui a uns anos morar numa cidadezinha gente boa lá no interior de PE, e sei que ela guarda muitas surpresas boas na minha vida decorativa/moveleira.

Estou louca sem escrever coisa com coisa? Não, gente, peraê ne? É porque lá, é a cidade dos móveis de madeira madeira mesmo, e os precinhos são tão bons, que os meus móveis serão todos desenhados por mim e pelo meu amoreco e daí vou ter quantos pés pálito eu quiser, tipo móvel centopéia, sem pagar fortuna, anotem ai!

Mas por quais motivos esses danados antigos são tão caros heim?? Posso enumerar?

1) Geralmente duram séculos, ou seja, vai passar ainda por muitas gerações se for bem conservado.

2) Mais que custo-benefício, para alguns, é questão de estilo! E estilo tem valor, muito valor mesmo.

3) São raridades, são únicos ( já que não existia uma produção em série como hoje) e tem valor histórico. Dificilmente seu vizinho terá um igual, bem diferente desse seu rack ai.

4) Contrasta com a decoração moderna e a completa. Virou tendência, é cool, é chique, vemos em todas as revistas, blogs e todo mundo quer. Demanda = Preço alto.

5) O trabalho de restauração, os materiais usados e a mão de obra encarecem também o produto. Se for pra fazer algo mais personalizado então, como cobrir um sofá retrô com um tecido importado estampado…ah nega, você é a cara da riqueza.

Agora me diga, pra que viver nesse mundo de dureza, de liseu??? Pra quê? É por isso que vou embora lá pra essa cidadezinha fazer as minhas réplicas, pintá-las de branco, amarelo ovo e azul celeste, e ser feliz. Ouuuu temos a velha opção de garimpar lá no Exército da Salvação ( pra quem tem um em sua cidade) e no lixo do prédio vizinho ( Vai que aquela velhinha do 5° andar faleceu e a família toda não era antenada nessas riquezas ne?). Fico com a primeira opção mesmo, vou fazer a mudança daqui a uns dois anos.

E pra fechar com chave de ouro, esse ap é algo inspirador…

O que vocês acham? Conseguem comprar uma cadeira pé palito por uns R$80 reais ou querem sempre te cobrar R$800?? Tem alguma alternativa ou endereço que possamos encontrar essas coisas fofas a um precinho mais amigo do bolso, nem que seja pra levarmos pra casa e colocar a mão na massa?? Conta ai!!! =)

Imagens

COMPARTILHE
Ana Medeiros
É a neta de D. Edite. Ana comanda o #ACQMVQ e vive diariamente decorando aqui e ali. Trabalha home office produzindo conteúdo para o blog e outras empresas das internetes. É mãe de dois pioios lindos, ama comer, desaguar nas palavras, e não dispensa uma caipirinha no fim de semana. Sabe que ser livre também é perder o controle, que morar é mais do que habitar e que um abraço apertado é melhor que banheira de ofurô.
Faça seu comentário

34 Comentários

  1. Oi Ana,
    também tenho uma paixonite por móveis antigos pena que o preço seja tão salgado… estão bem fora de minha realidade. Um dos programas de TV que gosto de ver é o Roteiro de Decoração que passa no Discovery Travel & Living é uma coisa “chata” o carinha (apresentador) viaja pela Europa garimpando esses móveis em lojas, depósitos, brechós… conta a história da peça e tals..e qdo acha o que quer compra! Não sei se vc conheça mas para quem tv à cabo é bem legal!
    Um beijo
    Tri

  2. Acho que nas lojas de móveis usados, bem despretenciosas.Do tipo que só revedem, não tem noção do que revendem, entendeu? acho que aqui na minha cidade tem várias assim.
    Ou nos bazares beneficentes, quem sabe?

  3. É verdade, além de serem objetos únicos viraram tendência! Aqui em Sao Paulo na feira da Praca Benedito Calixto tem cada coisa maravilhosa! E ate da pra negociar um precinho bacana…
    Bjs! Mto bom seu blog 🙂

  4. Querida, sou pernambucana tomém! E montei minha primeira casa todinha garimpando coisas baratíssimas e estilosas. Dói mesmo é que nem todo mundo entende nossa paixão 🙁 (maridos, por ex). Mas desde muito lisa, lisérrima, tinha coisas charmosas, como dois sofás legítimos Demestre, a 50 reais rsrsrs.Cobrir não é tão difícil quando ele tem linhas simples, precisa de um bom grampeador grandão emprestado.Ná época gastei mais uns tostões com veluda mostarda e ficou lindo. Não, vc não deve morrer em 800! Procura nos lugares certos: rua do aragão, brechós de bairros afastados ( o povo adora trocar coisas lindas por móvel tubular, ó dor…).Garimpa na família, ganhei cadeiras velhas, mas de boa qualidade. Chato é o valor de um marceneiro especializado em renovo, aí dói, mas ainda fica mais barato que comprar certas porcariadas novas que estragam fácil.Pé de palito sempre aparece! Veja, acabo de adquirir num bazar um velho móvel de farmácia, um armarinho, arranhado e meio sem tinta, mas que a amiga do brincando de casinha queria um!(nós temos faro ehehe). Dicas boas: os trapeiros de emaús, que recolhem muita coisa e vendem! Além de ser uma boa ação!Bazares de caridades escondidos sempre tem uma coisinha ou outra!E essas lojas de bairro muitas vezes não tem mesmo noção… porque não gostam, enfim, são os valores humanos… Também aparece no Mercado livre, embora menos. Deveríamos ter uma rede de contatos, né? Tão formando uma lá no fórum Minha casa ( a revista). Abraços!

  5. Realmente, móveis assim duram uma eternidade. Minha mãe tem vários móveis dessa cidade que você fala( se é a que estou pensando)até porque é de lá, e diz que já estão caros porque de uns tempos pra cá a cidade ficou na moda.bjs

    • É Dani, a cidade que eu falo é Gravatá! Realmente virou uma cidade turistica, mas ainda sim, comparado aos preços daqui ou de qualquer loja mais bacaninha de movei de madeira “delay” lá ainda é infinitamente mais barato, sem contar que, tem que saber onde comprar, rsrsrs. Existem lojas e lojas nessa cidadezinha =)

  6. Ai, Aninha!

    Eu “herdei” uma radiola antigona com esses pés palitos aí. Está ali, guardada no cantinho, esperando só eu ir pra minha casinha e virar um aparador super fashion.

    Beijos e sucesso!!!

  7. Ana, quando vou a Gravata fico maravilhada, cada coisa legal, acho a cidade linda e acolhedora,e os moveis são uma coisa,meu sonho é construi uma casa na fazenda e decora com moveis de la,na minha varanda tem um jogo de cadeiras que comprei la. Bjos

  8. ô, querida, brigada! Imagina que voltei aqui para lhe dizer que por trás da faculdade Maurício de Nassau, no final da Guilhemer Pinto, tem um brechozinho de um cidadão que conserta cadeira de palhinhas cheio de preciosidades. Pretendo parar por lá e bisoiar 😉 Beijos

  9. Oi Ana, conheci seu blog na semana passada e adorei! Pá palito é caro mesmo, sempre garimpo alguns móveis aqui em São Paulo, demora, mas sempre encontro coisas lindas e baratas http://minhacasaretro.blogspot.com/ no meu blog tem algumas fotos de móveis que encontrei esse ano e no ano passado! Dá uma olhada, meu blog é novo e estou começando a escrever nele!
    beijos
    espero que goste!

  10. Oi, Ana. Hoje resolvi acabar com a saga “Sempre te segui, nunca comentei”, rsrsrs. Sou super apaixonada por móveis antigos, e tenho alguns, de épocas e estilos diferentes. Tudo pura sorte, nunca comprei nenhum, falta de tempo($$$$$). Marido e eu fomos ganhando, temos móveis herdados das casas de toda a família. Minha cristaleira era um guarda-roupa de peroba do campo que foi da avó paterna do meu marido, tem mais de 100 anos e nenhum problema- cupim, etc… De pé palito tem uma cômoda no meu quarto, que era do jogo de quarto dos meus sogros, mandado fazer quando eles se casaram nos anos 60. Minha mesa de jantar também foi herdada, quase todos os móveis da minha sala. E a mistura ficou muito legal- pelo menos eu gosto. Um dia te mando as fotos. Beijos pra você e seu filhote fofo

  11. Oi Ana! Cá estou em seu cantinho novamente e comentando só agora! Pois bem, para conseguir suas peças sonhas, PEÇA AO UNIVERSO. Acredite, funciona. Eu sou cacarequeira, adoro um brechó, um antiquário, feira, bazar e CAÇAMBAS. Encontrei uma cadeira LINDA, pés palito, forrada com veludo azul marinho, jogada num centro de coleta de recicláveis da prefeitura de Campinas. Está no marceneiro que ficou louco por ela. Encontrei nas Casas André Luiz um descansa pé de imbuia com os benditos pés palitos também. Paguei R$ 19,00 por ele, mais R$ 30,00 para trocar o estofado. A cadeira toda restaurada me custou R$ 50,00. A alegria de ter essas peças únicas, com cheiro e histórias singulares, NÃO TEM PREÇO! Tenho olhos de águia, encontrei uma vitrolinha Philips linda nesse “cacareco” onde as pessoas jogam as coisas mesmo. Olha, se eu for listar as coisas que encontro pelas calçadas, caçambas e bazares espíritas não caberiam aqui. As Casas André Luiz sempre oferecem movéis antigos a precinhos camaradas. Mas tem que ser esperta. Gostou, levou, pagou. Peças boas sempre são levadas por comerciantes que revendem as mesmas em seus antiquários, temos que contar com a sorte de chegar antes!

    Beijinhos

    Van

  12. Adoro essa mistura de móveis modernos com antigos, sabe aqueles herdados da avó, tia,…mas quando a gente não herda o jeito é sair por ai vasculhando, pra ver se encontra de preferencia com preços acessíveis… e se precisar restaurar , como você disse, a gente põe a mão na massa…

  13. pés palitos caros, já era, tenho mais de 1.000 pçs
    grandes(41cm) e pequenos (26cm) inclusive com a placa de ferro para fixação dos pés, eram de uma fábrica de rádio vitrolas e televisões , são todos antigos (mas novos e embalados sem riscos prontos para serem adaptados em seus móveis, é possível ver no mercado livre, buscar “pés palitos
    (novos) para móveis, qualquer dúvida entrar em contato por email:carlosgaldino1914@hotmail.com
    teremos o maior prazer em atend^-los

  14. Menina do céu,

    Tá sentada?
    Ontem encontrei uma mesinha com pés palito, original, intacta, jogada no lixo!!!
    Só vai ser preciso trocar o tampo que não era original, aliás, pregaram um pedaço de madeira ordinária sobre ela.
    Típico de quem não conhece nada a respeito…hehehe
    Sorte minha!
    Sexta-feira vou postar a peça no meu blog, se quiser ver, fique à vontade!
    Eu ainda não repaginei nada, na verdade, só vou colocar um novo tampo e envernizá-la, pois não quero que perca o ar original que tanto gosto no mobiliário!
    Nâo é um ACHADÃO, fala verdade?

    http://nadja-cacarecos.blogspot.com.br/

    Bjksss

  15. Olá! Sempre acompanho suas postagens e essa me chamou mais a atenção porque passei por essa frustração a pouco tempo, quando quis aproveitar uma peça de uma estante antiga da minha mãe para fazer um balcãozinho e não encontrei os tão sonhados pés palito na minha cidade. Minha sorte foi achar um marceneiro que fez por um precinho justo. A partir daí, quero colocá-los em todos os móveis. (risos) Já coloquei tambem numa maleta de faqueiro e estou me preparando para recuperar duas poltronas antigas. Adoro tudo isso!!! Beijo.

  16. Olá, adoro seu blog! Me inspira bastante!!!
    Queria saber se vocês ainda vendem pé palito? O link não abre pra mim..

    Obrigada!

    Larissa Macedo

  17. Oláa! Bom dia 🙂

    “Se você chegou até esse post, certamente está procurando um pé palito pra comprar e reformar um móvel ou inventar um novo né? […]”. SIIIIIIIMMMMM! hahahaha
    Vocês ainda vendem pé palito?? Estou querendo fazer um banco com este tipo de pé, mas está difícil de achar =/

    Um abraço!
    Ps.: continue com o belíssimo blog <3

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here