Links da semana – Beleza, leveza, simplicidade; O poder das palavras; O facinho pão de queijo.

Oi Bonitezas do meu Brasil. Já apareci por aqui, mas faz tanto tempo que vou me apresentar de novo. Sou a Angela, irmã caçula da Ana, e a partir de agora estarei compartilhando com vocês links garimpados da net.

Simbora meu povo, que o tempo ruge e a Sapucaí é grande.

Uma semana de fracassos – Tá, o texto é recente, mas não tããão recente assim – 02/2014 – mas duvido dé-ó-dó você lê-lo e não ficar reflexivo sobre a Matrix que é esse danado mundo virtual.

Fracasso

Léo Fressato – Beleza, leveza, simplicidade. Essa é a voz que tenho escutado no meu MP3 nas últimas semanas e tô com vontade de compartilhar com vocês. No site tem a ficha completa do cantor curitibano de voz doce e olhar de cachorrinho que caiu do caminhão da mudança. Procura lá as músicas do cara, dá o play e fecha os olhos. Cê vai sonhar, vai por mim.

Léo Fressato

O poder das palavras –  Além de neta de Dona Edite, sou Psicóloga, e com esse link vou “puxar um pouco a sardinha” para a importância da escuta terapêutica e cuidado com as palavras. Mostrar também a importância do profissional da área ter um acompanhamento. Tudo isso em alguns minutinhos através dessa animação simples e linda de viver.

Casal gateiro bacana com ideias geniais – Não conhecia o blog Muita calma nessa obra. Ana quem indicou para o “links da semana”. Pensei em catar um post bem foda legal para mostrar aqui, mas gostei de tudo. Então, lá vai: muitacalmanessaobra.com.

Muita calma nessa obra

I <3 Pão de queijo – Adoradores de pão de queijo e da vida prática e corrida da pós modernidade, esse link é pra vocês!

Pão de queijo

É isso, pessoas! Espero que gostem. Beijos, beijos. :*

COMPARTILHE
Ana Medeiros
É a neta de D. Edite. Ana comanda o #ACQMVQ e vive diariamente decorando aqui e ali. Trabalha home office produzindo conteúdo para o blog e outras empresas das internetes. É mãe de dois pioios lindos, ama comer, desaguar nas palavras, e não dispensa uma caipirinha no fim de semana. Sabe que ser livre também é perder o controle, que morar é mais do que habitar e que um abraço apertado é melhor que banheira de ofurô.
Faça seu comentário

2 Comentários

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here