Da importância de se adaptar o quarto dos pequenos às diversas fases da vida deles – Parte 2

Promessa é divida, e cá estou eu! Hoje trago o a segunda parte do post da semana passada, onde falei das mudanças que ocorreram durante os anos seguintes da reforma do meu apartamento. Como já tinha dito pra vocês, aconteceram muitas coisas apos aquelas fotos lindas, muitos problemas e (téquefim) soluções! Pra quem perdeu ou não sabe do que estou falando, nesses posts ( Parte 1 e Parte 2 ) mostrei toda decoração da minha casa com fotos lindíssimas. Mas voltando o assunto, hoje trago o quarto da minha menina com muita adaptações (e algumas lamentações)… rs rs  Vamos continuar?

Fone

O quarto dela eu fiz uma maquiagem sabe? Não dava pra mandar laquear os móveis todos de novo. Mas confesso, me arrependi de entrar na dela e permitir que ela, então com seis anos decidisse as cores dos móveis. Deu no que deu. Dois anos depois enjoou. Na época das fotos ela ainda não tinha cama. Aí veio uma herdada da filha da minha prima. Hoje, já com 24 anos.

Cabeceira-6

Roupa-Cama1

Essa cama também foi laqueada com outro tom de rosa a pedido dela. A cor? Rosa Ballet, posso? O jeito foi encher a cama com almofadas de cores e formatos variados em cima da colcha que minha avó fez pra mim quando eu tinha seis anos. Algumas, meu amigo artesão fez. Outras, comprei nessas lojas de construção que vendem de um tudo, e outra veio adivinha de onde? Lógico que da Casa da Vó. Morri de amor por ela, essa almofada de nuvem.

Fita-Abajur 3

Outros recursos que eu usei foram: comprei uma prateleira verde água na Tok Stok e criei um ateliê no quarto dela. Numa loja de cortinas aqui em frente eu comprei um varão. Meu pai cortou num tamanho apropriado e fiz um fiteiro, que ela pirou. Mas vou te falar hein? Ô coisa cara. Só aí tem quase 200 reais em fita. Já avisei a ela que vai ter que durar o ano todo esse estoque!!

Quadro

Além disso, investi pesado naquelas moldurinhas prontas também da Tok Stok e enchi o ateliê de desenhos dela, desde os dois aninhos até os tempos atuais. Ela desenha muuuuuuito bem e os quadros com molduras de cores prontas deram o tom nesse espaço.

mesa

Meu último investimento na Tok Stok foi um porta talher para guardar os mil tipos de lápis e canetas que ela tem, e que meus clientes, que conhecem ela  e apoiam seu dom, vão trazendo de viagem. Ela é muuuito mimada por eles. Rs  Aliás, todo mundo manda coisas de artesanato pra ela. Uma coisa de doido! Olha, deixei um dinheiro nessa loja viu? Não piso lá tão cedo. Ah, e mudei a cadeira, porque a outra apesar da história e do glamour, era baixa para ela. Tive que trocar por outra mais moderna e com dosador de altura.

Organizadora

A estante branca velha continuou abrigando os livros, bonecas e jogos, mas uma organização personalizada por ela, já não dá mais pra dar pitaco nisso. Eles não me permitem. Mas eu comprei no Alli Express um kit com etiquetas pretas vinílicas e ela legendou o quarto todo. Gastou tudo num dia e etiquetou tudo. Bom demais isso né? Quase matei ela.

bonecas-frente

O porta livros de parede, aproxima os livros dela e ainda abriga as bonecas que os amigos que viajam pelo mundo, trazem de presente. Uma mini coleção, sabe?

Tapete-6

O tapete de pompom e as luzes de crochê são do Atelie Crochetat, uma amiga linda que faz coisas mais lindas ainda.

Boneca-B

Os caixotes rosas de madeira, lembram? Hoje viraram berço para as bonecas. Ela ainda gosta de brincar com elas, graças a Deus! O outro, abriga os bichos de pelúcia que sobraram.

Sapateira-1

A sapateira agora abriga sapatos de fato pois o armário se tornou pequeno pra ela e as bonecas que habitavam esse espaço, foram doadas.

Costura

A penteadeira, voltou repaginada. Sem o espelho pois na verdade ela não é muito vaidosa. Digo que ela é vaidosa na medida. Curte pulseiras, bijus, mas não maquiagem, então a penteadeira meio que ficou perdida. Tirei o espelho e como ela ganhou uma máquina de costura profissional da minha prima. Esse virou o canto da costura.

Livro-e-linha

Fotos: Fabiana Salgado

Numa loja de construção, comprei esse apoio para quadros e coloquei as linhas que comprei pra ela. A caixa customizada ela mesma fez numa oficina de costura aqui no RJ. E um livro que eu também comprei e que é a caaaaaaaaaaaaaaaaaara dela, dá o tom nesse espaço.

UFA! Acho que dá pra vcs tirarem boas ideias né? Mais ainda, dá pra entender que, tirando a Tok Stok e o dinheiro pesado que deixei lá, dá sim pra repaginar o quarto dos filhotes e ir fazendo o espaço ficar adequado às novas fases deles, com muita organização e pouco dinheiro sempre! Pensem nisso!

Beijos e beijos

Verônica Cavalcanti

Menina do AO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carrinho de compras