A nova casa – parte 1

Uma coisa é certa: A decisão de nos mudarmos para o nordeste foi tomada totalmente pelo coração. Claro que eu queria ficar perto da minha família, mas largar uma vida “estável”, ainda mais depois de ter tido um filho, foi um pouco difícil. Deixar tudo que construímos materialmente pra trás, mesmo sendo somente uns móveis casas bahia (haha), doeu, a gente se apega. Os amigos então…viche! Tem dias que vejo fotos e choro de saudades trancada dentro do banheiro,rs.

Como assistimos muitas reprises de “Lua de Cristal”, nos apegamos em nossos sonhos, e estamos aqui: Lindos e cheios de esperança =) “Nós somos invencíveis, pode crer. Juntos somos um. E juntos não existe mal nenhum”, hahaha. (Quem nunca se emocionou escutando essa música? Ah, pára!).

Enxugue as lágrimas e vamos aos fatos:

Tínhamos a ideia de morar numa casa espaçosa, com quintal. Chegando aqui em Gravatá City, cadê casa pra alugar? Passamos duas semanas andando por toda a cidade, visitando corretoras e pedindo a mobilização da população nessa difícil missão. Quando encontrávamos, as casas eram em condomínios e os preços altíssimos.Também achamos umas mais baratas, mas bem deterioradas, e não estávamos dispostos a colocarmos a nossa cereja no bolo de ninguém, tendo trabalho e gastando dinheiro. Outra coisa importante: A proprietária da casa tinha que ter saúde mental, porque de gente maluca e complexada, a cota já tinha sido preenchida com a antiga dona do ap do Rio #vaiderésatanás.

Eis que meu pai fala ” Ana, falei com um corretor amigo e ele disse que tem uma casa aqui perto, acabou de ser construída, só tem um problema (que não é de fato um problema, só que meu pai me conhece): A casa é de primeiro andar (ou segundo andar, pra quem mora no sudeste). A dona quer alugar a casa principal de cima, e a de baixo menorzinha, ela ocupará nos finais de semana”. Entortei a boca, porque morar em cima, casa dupla, gente embaixo, sem meu quintal, estava fora de cogitação.

Passou mais uma semana e nada! Daí resolvi fazer uma visita a tal casa e para minha surpresa, amei, paguei a língua e escutei “Ta vendo D. Ana como você é precipitada? Chupa essa”.

As casas são bem independentes, cada um com seu portão, muro separando e privacidade. Como durante a semana a casa do térreo nunca fica ocupada, então também não temos maiores problemas com barulho. Temos um espaço legal pra garagem e pro churrasco. Reclamar do quê? De nada.

Ainda não é a casa dos sonhos, confesso que queria morar numa casa com cara de interior. Mas estava difícil encontrar, nós precisávamos voltar a nossa rotina e estava muito ruim ficar nas casas dos parentes pra lá e pra cá com o Vinico. Sem contar que o preço foi bem justo, numa rua silenciosa e tranquila, perto da casa do meu pai e com três quartos, para atender todas as necessidades, já que continuarei trabalhando em casa.

Bem, daqui a pouco conto mais. Gravei um vídeo hoje de manhã, mostrando a casa por dentro. Não vou sumir mais não, agora o blog voltou com tudo.

COMPARTILHE
Ana Medeiros
É a neta de D. Edite. Ana comanda o #ACQMVQ e vive diariamente decorando aqui e ali. Trabalha home office produzindo conteúdo para o blog e outras empresas das internetes. É mãe de dois pioios lindos, ama comer, desaguar nas palavras, e não dispensa uma caipirinha no fim de semana. Sabe que ser livre também é perder o controle, que morar é mais do que habitar e que um abraço apertado é melhor que banheira de ofurô.
Faça seu comentário

47 Comentários

    • Clarota, já somos intimas meninas, hahha.
      Olha, consegui negociar com o tio da van sim, agora o Vinico é o primeiro a ser entregue.Uhuu!

      Beijocas

  1. Queria tanto que o Tuty-marido topasse uma mudancinha pro interior. É possível viver com mais qualidade por menos. Minha vó mora em Cerquilho, interiorzão, e as casas lá são demais…
    Boa sorte na nova mudança e muitas alegrias na casa nova!
    Bjos!

  2. Nossa… Seu blog é incríve, viu! Você está de parabéns pelo cuidado e dedicação. Sou um leitora nova e assídua e ele entrou para os meus favoritos. Sou nova no ramo de decoração, acabei de criar um blog e ultimamente sou a mais entendedora do sistema Google de pesquisa, pra fazer coisas bacanas em casa. Se quiser dar uma passadinha por lá, ficaria feliz.

  3. Aninha… tbm me mudei pro interior… só que ao contrário de vc. Larguei a cidade grande com toda a família lá e viémos 800km pra baixo! (de Campinas/SP pra Blumenau/SC)
    Sinto falta da família e do vínculo que criei na cidade grande, mas tem coisas que a cidade grande proporciona que não têm preço!! Sinto só por ter escolhido a cidade pequena errada (não gosto de Blumenau), mas um dia escolho outra e me arranco daqui!!! rsrsrs
    beijoca!! E que vc seja muito feliz na nova casa!

  4. Oi Ana, que bom que encontrou a casa, e LAR é onde o coração está. E com certeza esse será seu lar, doce lar. Estive em Gravatá duas vezes essa semana, estou comprando alguns móveis pra melhorar a vivência na minha casa, vi tanta coisa linda que nem consegui comprar ainda, não quero ser precipitada e sair comprando só por impulso, acho que semana que vem eu volto a visitar sua cidade e aí sim, trarei meus móveis. Talvez no próximo ano eu vá trabalhar em Gravatá, por enquanto vou permanecer em Bezerros mesmo. Um abraço.

  5. Desde o dia que vi um post por aqui falando de Gravatá me deu uma vontade enorme de conhecer essa cidade. Clima ameno pra frio, cidade mais tranquila, me parece o paraíso, do jeito que eu sempre sonhei morar. Eu deixaria fácil minha cidade e iria morar aí, mas como sempre tem um mas, vai para minha lista de desejos de passear por aí.
    Volto pra ver sua nova morada.
    Beijos

  6. Deus te abençoe Ana. Também fiz isso e não me arrependo. Saí do Rio, fui para a louca e conturbada São Paulo e agora, graças ao Bom Deus, estou no interior de SP…. lugarzinho beeeem tranquilo.
    Tendo internet, a gente se acostuma rápido. rsrs

  7. Ana que casa gostosa!! Parece com a de uma amiga minha. E sei que já deve estar com a cara de lar. Com o seu jeitinho.
    Desejo toda a felicidade para vocês ai.
    E que o amarelo ouro chame $$.
    Beijinho

    Lucia

  8. Lembrei de um episódio engraçado. Há uns 4 anos passei o ano novo aí em Gravatá. A casa era meio afastada e no último dia do ano fomos à “cidade”, comprar bebidas para a virada. Absolutamente todas as mulheres que estavam pelas ruas usavam toucas. Sabe aquela feitas de meia-calça? pois é. Coisas de interior. Gravatá é muito sossegada e bem legal. Sabe que aí tem uma cachoeira, né?? pergunto pq descobrimos ao acaso e ninguém a quem perguntávamos onde ficava e como chegávamos lá, sabia responder. Mas achamos! demoramos umas 3 horas para chegar a dita cuja, mas valeu a paciência… boa sorte no seu novo lar!

  9. Gente, eu tava vindo aki todos os dias e pensando: “Será que a Ana ainda não teve um tempinho pra escrever? Pára, Manuella, ela se mudou agora, deve estar cheia de coisitas pra fazer!” Mas agora sim: A Ana voltou!!! Uêba!

  10. Amei sua casa,estou doida para mudar para uma casa,mas aqui em Fortaleza so se for em cond. fechado e esta muito caro.

  11. oi Ana, há tempos passo por aqui, mas recadinhos confesso que sou tímida.. porém hoje não podia deixar de escrever.. que bom que “voltou”, senti falta de seus posts. Seja novamente bem vinda ao meu dia a dia! 🙂
    Beijos!

  12. Uhullllllllll, saudades por aqui.
    Que casa ótima e ainda dá para usar e abusar nos dias de semana, tá bom demais. Que bom sorte e agora com mais clama vcs vão encontrar a casa dos sonhos.
    Bjs e vem logo com esse vídeo que quero ver.

  13. Ana, parabéns mulher!!!
    Eu, que acompanho o blog e vi a expectativa, a procura e a conquista fico muito feliz por você!!
    Mereces!
    Imagino tua alegria pois encontrou seu cantinho e ainda pode dizer que é tudo de bom!
    Linda a casa!!! Adorei!
    Também estou numa expectativa enorme pois acabo de comprar minha tão sonhada e procurada casa que fica pronta ano que vem!
    Estou looouca pra ver ela prontinha e vou mostrar lá no blog também quando isso acontecer e vou te convidar pra tomarmos um chá das cinco virtual, já que sou do RS! hehehe
    Beijinhos e parabéns mais uma vez!

  14. Oi Ana, que bom que voltou a escrever! Eu também saí de São Paulo e me mudei para Joinville/ SC a trabalho (do marido). No começo é estranho, a cidade grande tem muitos atrativos, principalmente pra quem morava no centro, perto da Paulista… enfim, sinto saudades. Mas, como toda cidade de interior, descobri a ser feliz em Joinville. Aqui, apesar de muito provinciana, com seu povo até certo ponto preconceituoso e padarias que não abrem aos domingos, por ter muitas tecelagens, aos arredores e também temos fábricas de móveis, descobri a maravilha de SC comprando tecidos em ponta de estoque (que vão de toalhas de mesa, banho, estofados, impermeáveis) e móveis de ponta de estoque (ótimos, madeira mesmo). Como aqui é tipicamente alemã, cidade toda fofa, a cada esquina descubro coisas novas e assim, vou sendo muito feliz, apesar de longe de familiares. Que Deus ilumine os caminhos de sua família e que abençoe seu novo lar!

  15. Olá Ana.Tudo bem ne?Todos nos daqui do Blog estamos acompanhando o desenrolar da mudança.E torcendo para q tudo fique certinho logo.Mas mudança e assim mesmo.Eu ja me mudei umas 9 vezes em 10 anos de casada.rsrs.Tenho ate certificado de mudança já.kkkk.Sou do Amazonas mais ja rodei boa parte desse Brasil.A primeira cidade que morei foi no interior de MInas Gerais,mais precisamente na cidade do Et. ” Varginha”.A proposta era igual a sua,morar numa cidade do interior numa casa ampla,quintal enormeeeee pro filhote.Menina,qdo eu cheguei na cidade igual vc,se a casa acertada.Andei q nem louca os quatros cantos atras de casa e era cada uma pior q a outra em qualidade e as vezes preço.Enfim com a ajuda de uns amigos consegui uma casa pro um preço ate razoavel igual essa sua.casa dividida,mas com entradas independentes e tudo mais.Enfim morei 2 anos nessa casa e fui super feliz.A minha ideia de morar numa casa no interior como e nos sonhos ja era,pq hj os interior tão tão modernos q esta cada vez mais difil.Contei a minha historia pra vc ter fé e continuar com seus sonhos,as vezes nem tudo e como queremos,mais somos fortes e conseguimos ir enfrente sempre.Continuo morando em Minas,nao na cidade do Et. rsrs.Moro longe da minha familia,e dificil,mais e gostoso a saudade,pq qdo chega as ferias minha familia vem correndo pra cá.Espero q vc seja feliz na seu novo lar.E nunca perca a fé.Fica com Deus.Bjo!

  16. Eu tbm estou nesse dilema, de uma dia para o outro minha vida mudou de cabeça pra baixo, quem lia no meu blog toda minha empolgação com esta casa que meu sogro daria a nós, vai em breve se deparar com a mudança para nova casa, no interior tbm, sairei do Rio para Búzios, litoral…Mas parece roça onde minha mãe mora e eu morei a anos atrás… mas mesmo ansiosa pra ir, estou triste por deixar as coisas que fiz aqui, fora que nossa mudança só vai depois que construirmos, e obra demora né… Maridex tem um bom emprego aqui, e isso tbm está nos matando, estamos no será, será… Confio em Deus e sei que Ele prepara algo bom pra minha família… vamos ver no que dá… bjkas

  17. Ô Ana, que notícia tão boa! E já vai comecar a mudança com a cidade bombando com o show do Zezé e Luciano, hein? Boa sorte na sua nova casinha, se precisar de algo de Caruaru ou Recife, até de uma carona, pode contar comigo, pq nos fins de semana saio da cidade e corro pro interior…Fico aina mais feliz que o blog vai voltar com tudo, tava com saudade dele! Beijão!

  18. fála sério! até o céu ficou feliz, na 2ª foto ele esta violeta. azul é para fracos!! muito feliz por vcs.
    No seu LAR tem o que de mais importante vc poderia ter carregado na mala, o amor. bjo grandeeee
    felicidades!!!

  19. Seja bem vinda de volta ao Nordeste, amo Gravatá, sempre no período de frio vou até aí, tomar um chocolate quente e comer foundue.

    Estou anciosa para ver a casa nova por dentro, com certeza irá ficar lindissima, depois que você dê o seu toque pessoal.

    Beijos….

  20. Ai…eu gostei muito!!! Acho q o Vinico vai se divertir é muito nessa ruazinha tranquila..da pra andar de bicicleta!!! Olha…moro num ap de 02 quartos…to mudando pra um maiorzinho…e quer saber, as crianças não tem qualidade de vida! Moro em Sampa e essa casa me pareceu aquelas casas de praia, onde as pessoas ficam descalças na calçada, andam de bicicleta, colocam roupas leves…solzinho batenta na cara e na casa..achei tudo de bom!!!! E com seu toque, vai ficar melhor ainda…to doidinha pra ver por dentro! Felicidades viu? Bjssss

  21. Ana,
    achei seu blog sem querer. E nossaaaa, é a minha cara.
    Adoro. Estava entrando todos os dias ansiosa pra vc voltar a postar, hehe…
    Parabéns pela coragem. E casa é linda.
    Caso no ano que vem e acompanhar seu blog me ajudará horrores.
    Bjsss

  22. Parabéns, mais uma vez pela coragem, sinta-se poderosa, vc está na sua terrinha com a sua família, é isso aí. Vai dá tudo certo, tudo é aprendizado, que nos fortalece.

    Felicidades!!!!!!!!!

  23. Parabéns por mais uma conquista, Deus abençõe essa nova fase da vida de vocês, a casa é linda, o mocózinho do Vinico é o máximo, sei o quanto eles adoram estar por perto, aqui em casa tenho o Rafa com 3 anos e entendo bem como é isso …
    Ja estou curiosa para ver as novas idéias criativas do seu blog.

    Beijos!

  24. Nossa Ana super parecida essa parte da tua história com a minha. Moro também em uma casa com essa opção e eu moro em cima e a casa é amarela kkkkkkk. E é em Pernambuco. Ainda não encontrei uma casa pra chamar de minha, com a minha cara. Já fazem 4 anos que estou por aqui. A minha casa continua alugada em SP na esperança de ter aquele plim e achar algo pra chamar de meu “cafofo”. Beijos

  25. Ola Ana!!!!

    Curto mt seu blog!!!!E me identifico com seu estilo de vida…sou casada a 6 anos e tenho uma filhota de 4…Ja mudamos de casa varias vezes e agora estamos num ap nosso…sei bei o que sao mudancas…nostalgia e espectativa…td junto…Olha, desejo td de bom pra vcs nessa nova fase…e casa e OTIMO…principelmente pro seu filho…alem do lugar parecer super tranquilo!!!!!!!!!!Td de bom pra vcs…e vou acompanhar a decoração!!!bjs Debora

  26. Boa sorte e que voce e sua familia sejam muito felizes nessa nova jornada.O mais importante voce ja tem que é esse amor lindo entre voces.Beijos!!!

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here