Sobre financiamentos

Os seis primeiros meses de 2020 têm assistido um crescimento econômico de freio puxado. Muito desse panorama se deve às medidas de segurança adotadas para frear a proliferação do Covid-19 nos países e é impossível precisar neste momento quando tudo voltará ao normal ou como será esse “novo normal”.

Agora vem a boa notícia! Devido ao cenário presente no Brasil, inúmeras medidas foram desenvolvidas para estimular a aquisição de uma casa ou apartamento. Basta acessar o seu simulador de financiamento imobiliário preferido para confirmar isso. O momento é de oportunidade única. Continue lendo o artigo para entender melhor!

Mercado amigável para financiamentos

Segundo a Abecip (Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança), até o segundo mês deste ano o montante utilizado em financiamentos imobiliários espalhados pelo país era de R$ 6,4 bilhões – alta de 31% quando colocada lado a lado com os números do mesmo bimestre do ano anterior.

Outra ótima notícia é que, com o intuito de estimular os investimentos na área de construção civil, a Caixa Econômica Federal trouxe uma série de incentivos no financiamento de imóveis para o público. Serão R$ 43 bilhões disponibilizados para o setor por meio de redução na taxa de juros, carência de seis meses no pagamento da primeira parcela de um novo financiamento e suspensão de parcelas por até três meses de financiamentos já contratados.

Financiar ou pagar à vista?

Acionar um financiamento exige reflexão de todas as partes envolvidas no processo. Ainda que o tempo para se pagar as prestações possa ser um tanto quanto prolongado, é importante levar em consideração o atual momento em que vivemos. Ou seja, mesmo com o dinheiro na mão é prudente não investí-lo em sua totalidade em um empreendimento.

Mesmo com os descontos que podem surgir de uma eventual compra à vista, um apartamento financiado pode sempre ser colocado para locação e, assim, ir “se pagando” por meio dos aluguéis que entram mensalmente na sua conta.

Como funciona o financiamento?

Forma de pagamento mais popular no mercado nacional, o financiamento imobiliário possui duas categorias que podem ser acionadas. Tudo irá depender do valor do imóvel que você deseja financiar.

Dessa forma, você tem à sua disposição o SFH (Sistema Financeiro de Habitação), ideal para quem busca adquirir o seu primeiro imóvel de até R$ 1,5 milhão. A outra modalidade é o SFI (Sistema de Financiamento Imobiliário), perfeito para casas e apartamentos cujo valor ultrapassa o limite do SFH.

Primeiro passo antes de financiar

Uma vez encontrado o imóvel dos seus sonhos, do tamanho que você precisa e em um bairro perfeito para você e para a sua família, você precisa analisar todas as opções disponíveis no mercado para financiar sua casa ou apartamento.

Uma tendência no setor são os sites que comparam financiamentos imobiliários. Com eles, é possível ganhar tempo e dinheiro já que não precisará ficar dias colocando propostas de diversos bancos uma ao lado da outra e também irá encontrar mais fácil a opção que melhor atender suas necessidades e oferece as melhores condições para que você dê esse grande passo.

Uma vez escolhido o caminho pelo qual irá seguir, é hora de separar toda a documentação e dar entrada no seu apartamento. Se tudo der certo, em pouco tempo você receberá as chaves que abrirão a porta para um novo capítulo em sua vida. Boa sorte e até lá!

 

COMPARTILHE
Ana Medeiros
É a neta de D. Edite. Ana comanda o #ACQMVQ e vive diariamente decorando aqui e ali. Trabalha home office produzindo conteúdo para o blog e outras empresas das internetes. É mãe de dois pioios lindos, ama comer, desaguar nas palavras, e não dispensa uma caipirinha no fim de semana. Sabe que ser livre também é perder o controle, que morar é mais do que habitar e que um abraço apertado é melhor que banheira de ofurô.
Faça seu comentário

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here